Marcos Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde agosto de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde julho de 2009).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Marcos Freitas
Informações pessoais
Nome completo Marcos André Sousa da Silva Freitas
Modalidade Ténis de Mesa
Nascimento 8 de abril de 1988 (29 anos)
S. Pedro, Funchal
Nacionalidade português
Compleição Peso: 70 kg Altura: 1,83 m
Nível Profissional
Clube SA Pontoise Cergy
Período em atividade 1994 - presente
Medalhas
Campeonato Europeu de Tênis de Mesa[1]
Ouro Lisboa (2014) Equipas
Ouro Gdańsk-Sopot (2011) Dupla
Bronze São Petersburgo (2008) Dupla
Jogos Europeus
Ouro Baku 2015 Equipas

Marcos André Sousa da Silva Freitas ComIH (Funchal, 8 de abril de 1988)[2], filho do empregado bancário Agostinho Luíz da Silva Freitas e da técnica de museologia Maria Helena Lopes e Souza Freitas, é um mesa-tenista português.[3] Segundo a Federação Internacional de Ténis de Mesa, ele é o 17.º melhor mesa-tenista do mundo e o melhor jogador português da história.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Marcos Freitas iniciou-se no ténis de mesa aos seis anos, juntamente com o seu irmão gémeo Adriano Lopes Freitas, e por influência do seu pai, depois de ter passado pelo judo. Nascido sob o signo do carneiro (áries) e Dragão (chinês) desde criança sempre se mostrou muito ativo, aprendendo as coisas com muita facilidade. Aos 5 anos entrou para o 1.º ano do ciclo, depois de ter passado quase dois no infantário. Conciliou os estudos, o desporto e as constantes viagens, mas a carreira que pretendia seguir (medicina) foi relegada para segundo plano pela modalidade que o apaixonou desde tenra idade. Possui uma personalidade forte, determinada e com um grande poder de ambição, empenhado, gosta de desafios e não mede esforços para alcançar o que pretende. Neste momento o jogador esquerdino possui um enorme currículo, tendo arrecadado dois títulos Europeus Individuais. Até o momento, Marcos Freitas é o único mesa-tenista português que conseguiu esta proeza numa prova individual Internacional, tendo obtido o estatuto de Atleta de Alta Competição precocemente aos 14 anos. Marcos Freitas foi também por cinco vezes Campeão da Europa em Pares e Pares Mistos. Nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, disputou a Prova Singular onde arrecadou a 17.ª posição, e foi o único atleta português de ténis de mesa a vencer uma eliminatória. Desde agosto de 2011 o atleta ocupa o 1.º lugar no ranking Português e em dezembro de 2013 atingiu um inédito 17.º lugar no ranking mundial,o que o tornou no 1.º português a conseguir tal proeza. Ocupa atualmente um brilhante '12.º lugar no ranking mundial', a 4.ª posição no ranking Europeu' e o 1.º lugar no ranking nacional.'''

Resultados[editar | editar código-fonte]

Principais Resultados Internacionais em Singulares[editar | editar código-fonte]

  • Campeão da Europa - cadetes (Moscovo)
  • Campeão da Europa - Juniores (Sarajevo)
  • Campeão do Pro Tour da ITTF - Sub-18 (por 2 vezes)
  • Campeão do Pro Tour da ITTF - Sub-21 (por 3 vezes)
  • 2.º lugar nas Grandes Finais do Pro Tour da ITTF - Sub-21 (Macau)
  • Vencedor da Taça da Europa DHS 2014 (Lausanne, Suiça)
  • Vencedor do World Tour da ITTF, Open da República Checa 2014 (Olomouc, República Checa)
  • Vice-Campeão da Europa no LIEBHERR ITTF Campeonato da Europa 2015 (Ekaterinburg, Rússia)
  • 5.º lugar nos Jogos Olímpicos Rio2016 (Brasil)

Principais Resultados Internacionais em Pares[editar | editar código-fonte]

Com apenas 16 anos de idade, foi eleito entre todos os atletas masculinos de vários países e modalidades (nomeados pelo Comité Olímpico e pela Federação Portuguesa),a estar presente no Campo da Juventude nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004 Düsseldorf, Alemanha. Durante a época de 2006/2008 atuou como jogador titular de uma conceituada equipa da 1.ª Liga Alemã, o TTC Julich tendo regressado posteriormente em 2009/2010 e mudado a sua residência para a Bélgica (Charleroi), onde residiu por um ano. Em 2008 assinou contrato para a época 2008/2009, mas desta feita com a equipa de topo da primeira Bundesliga alemã, o Borussia Düsseldorf. O atleta juntou-se a três conceituados jogadores alemães com um Ranking Mundial abaixo dos 40, com Timo Boll como melhor jogador europeu e o 4.º melhor do mundo. No dia 17 de Maio de 2009 o Borussia Düsseldorf sagrou-se Campeão Europeu de Clubes em Ténis de Mesa.

Ao longo de cinco temporadas a jogar na Alemanha, Marcos Freitas representou alguns dos melhores clubes europeus, onde conquistou títulos nunca antes conquistados por algum português, de onde se destaca a conquista do Campeonato Alemão e da Liga dos Campeões no ano de 2009 ao serviço do Borussia Düsseldorf. Mudou-se posteriormente para o TTF Liebherr Ochsenhausen, clube onde realizou uma grande temporada. Foi titular indiscutível e chegou à Final do Campeonato Alemão. Foi a sua melhor temporada de sempre tendo obtido 24 vitórias em representação do seu clube, destacando-se as vitórias sobre o austríaco Werner Schlager, antigo campeão do Mundo e actual nº 21, Bastian Steger (nº 22), Adrian Mattenet (nº 31) e sobre o Xi Wang, um dos melhores jogadores a actuar nos últimos anos na Bundesliga.

Durante a época de 2010/2011 o atleta português alinhou num dos melhores clubes de Ténis de Mesa da Alemanha, o TTF Liebherr Ochsenhausen. O jovem mesa tenista, quando ainda era o nº 48 do mundo, assinou contrato em 2011/2012 com o clube francês AS Pontoise Cergy TT na Pro-A da Liga Francesa. Ambicioso, determinado, empenhado e talentoso, Marcos Freitas é assim o 1.º português a jogar num clube da Pro A.

A residir em Viena (Áustria) desde 2011, o atleta é o n.º 1 de Portugal e durante as épocas (2011 a 2017), está a representar o clube francês AS Pontoise Cergy TT, na Pro-A da liga Francesa.

Patrocinadores De 2000 a 2014 o atleta foi patrocinado pela marca desportiva alemã TIBHAR. De salientar que a TIBHAR patrocina o bielorrusso Vladimir Samsonov n.º 8 do mundo, o que por si só mostra a importância deste patrocínio no desenvolvimento do Marcos Freitas no ténis de mesa a nível mundial.A partir de janeiro de 2015 o atleta Português passou a ser patrocinado pela BUTTERFLY.

Jogos Olímpicos[editar | editar código-fonte]

Pequim 2008

  • No dia 11 de maio de 2008 em Budapeste, Hungria, o jovem atleta Marcos Freitas, 20 anos, conseguiu o apuramento para os Jogos Olímpicos.

Londres 2012

  • No dia 13 de abril de 2012 em Kirchberg, Luxemburgo, Marcos Freitas, 24 anos, conseguiu o apuramento para disputar os Jogos Olímpicos.
  • Rio 2016
  • No dia 16 de abril de 2016 em Halmstad, Suécia, Marcos Freitas, 28 anos, conseguiu o apuramento para disputar os jogos Olímpicos pela 3.ª vez consecutiva.

Gillette Future Champion 2008

Marcos Freitas foi um dos três atletas eleitos ao prémio Gillette Future Champion 2008, tendo obtido o 2.º lugar com 33,5% dos votos.

Condecoração No dia 1 de dezembro de 2014, recebeu a distinção de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, no Palácio de Belém, em Lisboa, em conjunto com os seus colegas de equipa e treinadores.[5]

Dubai 2014 ITTF Star Awards

O atleta Português foi um dos quatro nomeados para o prémio de Melhor atleta Mundial de Ténis de Mesa de 2014, pela Federação Internacional de Ténis de mesa (ITTF), evento que irá decorrer no Dubai a 7 de janeiro de 2015. 

Clubes representados[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Estatísticas de Marcos Freitas». ITTF. Consultado em 7 de março de 2013 
  2. «Biografia». marcosfreitas.com. Consultado em 7 de março de 2013 
  3. «Perfil de Marcos Freitas» (em inglês). ITTF. Consultado em 7 de março de 2013 
  4. «Marcos Freitas sobe ao 22.º lugar do ranking mundial e é o 2.º melhor português da história». A Bola. 5 de março de 2013. Consultado em 7 de março de 2013 
  5. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Marcos André Sousa da Silva Freitas". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 4 de abril de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]