Maria Heloísa Penteado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Março de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Maria Heloísa Penteado
Nascimento 1919
Araraquara, Brasil
Morte 2 de novembro de 2014 (95 anos)
São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Escritora e ilustradora
Prémios Prémio Jabuti 1987

Maria Heloísa Penteado (Araraquara, 1919São Paulo, 2 de novembro de 2014) foi uma escritora e ilustradora brasileira de livros infantis.[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria Heloísa começou a registrar por escrito suas "fantasias puras" na década de 1940. Em 1949 mandou pela primeira vez uma história para o Estadão; a partir daí publicava toda semana uma nova história. Quando acabou o suplemento infantil, passou para a parte de traduções do jornal.

Antes de escrever já desenhava e dedicava-se à pintura. Nasceu em Araraquara, São Paulo. Fez o magistério em Campinas, onde, por alguns anos, lecionou em escolas públicas. Mudou-se para São Paulo em 1944.

Em 1949 começou a colaborar na Página Feminina do jornal O Estado de S. Paulo, com contos e ilustrações para crianças. Anos depois, com a criação do Suplemento Feminino desse jornal, teve sob sua responsabilidade duas páginas para crianças, que dirigiu até 1967, escrevendo, ilustrando, criando passatempos e mantendo correspondência com elas.

Obra[editar | editar código-fonte]

Na década de 1970, com a explosão da literatura infantil no Brasil, começou a publicar suas histórias em livros.

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Participou, como escritora e ilustradora, da Feira de Bolonha em 1979 e nas que se seguiram;
  • Exposição de ilustradores Era Uma Vez, em São Paulo, promovida pela Fundação Roberto Marinho em 1979;
  • Exposição O Livro Infantil e sua Produção promovida pelo Centro de Estudos de Literatura Infantil e Juvenil (CELIJU), em 1980, em São Paulo;
  • 2ª Mostra Itinerante de Ilustradores, que percorreu as Américas em 1980, organizada pelo Centro de Capacitación El Macaro, na Venezuela;
  • Mostra Comemorativa do Bicentenário dos Irmãos Grimm, em 1985, em São Paulo, com uma série de contos desses autores, adaptados e ilustrados por ela, para a Página Infantil de O Estado de S. Paulo;
  • Exposição Ilustradores de Livros Infantis, em 1985, promovida pelo SESC, em São Paulo;
  • 1ª Mostra Nacional de Ilustradores de Livros Infantis, na Bienal de 1986, pela Câmara Brasileira do Livro.

Livros[editar | editar código-fonte]

Tem cerca de quarenta livros publicados, entre eles:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.