Marija L-Maltija

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

"Marija L-Maltija" ("Maria, A Maltesa") foi a canção maltesa no Festival Eurovisão da Canção 1971, interpretada em maltês por Joe Grech. Esta foi a estreia de Malta na Eurovisão e por isso foi primeira vez que se ouviu uma canção em maltês ou em qualquer outra língua semítica. Foi a segunda canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção austríaca "Musik", interpretada por Marianne Mendt e antes da canção monegasca "Un banc, un arbre, une rue"., interpretada por Séverine. A canção maltesa terminou em 18.º e último lugar, tendo recebido um total de 52 pontos (nenhum país podia ter menos de 34 pontos).

Autores[editar | editar código-fonte]

  • Letrista: Charles Mifsud
  • Compositor: Joe Grech
  • Orquestrador: Anthony Chircop

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção é um número de up-tempo, com Grech descrevendo os seus sentimentos quando ele espera no principal terminal de autocarros em Valletta pela sua amada. Ele também descreve a rapariga, que ele diz merecer ser chamada "A Maria maltesa".

Fontes e ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música

Malta "Marija L-Maltija", canção de Malta no Festival Eurovisão da Canção