Martin Selmayr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Martin Selmayr
Secretário-Geral da Comissão Europeia União Europeia
Período 1 de março de 2018
a atualidade
Presidente Jean-Claude Juncker
Antecessor Alexander Italianer
Dados pessoais
Nascimento 5 de dezembro de 1970 (49 anos)
Bona, Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha
Nacionalidade alemão
Progenitores Pai: Gerhard Selmayr
Alma mater Universidade de Genebra
Universidade de Passau
Partido União Democrata-Cristã
Profissão advogado

Martin Selmayr (nascido em 5 de Dezembro de 1970, em Bonn) é um advogado alemão e funcionário público europeu, que serve como chefe de gabinete do Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. Selmayr é um confidente próximo de Juncker e foi director de campanha e chefe da equipa de transição antes de Juncker tomar posse como presidente. Selmayr tem sido amplamente descrito como o mais influente funcionário da Comissão Europeia.[1][2]

Selmayr pertence a uma família bávara com ligações ao exército e à segurança germânicas há três gerações. Pela linha paterna é neto do general Josef Selmayr (1905-2005), coronel do exército sob Adolf Hitler, condenado por crimes de guerra na Jugoslávia e recuperado pelos aliados. Integrou a Organização Gehlen ao serviço da CIA e a contra-espionagem alemã. E é filho de Gerhard Selmayr, responsável por livros branqueando a imagem do precedente e com ligações ao exército e ao ministério da Defesa da República Federal Alemã (RFA). Pelo lado materno, é neto do general Ludwig Heinrich “Heinz” Gaedcke (1905-1992), coronel do exército de Hitler e, em 1956, um dos primeiros generais do novo exército alemão criado pela RFA.

Martin Selmayr é desde 2018 o secretário-geral da Comissão Europeia.[3]

Livros[editar | editar código-fonte]

  • A Lei do Banco Central Europeu, Oxford: Hart Publishing (2001), com Chiara Zilioli
  • Das Recht der Wirtschafts - und Währungsunion: Morrer Vergemeinschaftung der Währung, Baden-Baden (2002).
  • La Banca central europea, Milão (2007), com Chiara Zilioli

Referências