Melanogrammus aeglefinus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2013)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaEglefim
Melanogrammus aeglefinus

Melanogrammus aeglefinus
Estado de conservação
Espécie vulnerável
Vulnerável
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Gadiformes
Família: Gadidae
Género: Melanogrammus
Nome binomial
Melanogrammus aeglefinus
(Lineu, 1758)

O eglefim[1], hadoque[2] ou arinca (de nome científico Melanogrammus aeglefinus) é um peixe marinho que se pode encontrar em ambos os lados da costa do Oceano Atlântico.

Características[editar | editar código-fonte]

É um peixe semelhante ao bacalhau. É geralmente encontrado em profundidades entre os 40 e os 133 metros, podendo chegar aos 300 metros. Os espécimes mais jovens preferem as águas mais superficiais, enquanto os mais velhos preferem as mais profundas. O seu habitat compreende temperaturas entre os 2º e os 10°C.

Migração e desova[editar | editar código-fonte]

Não se conhece muito sobre os hábitos migratórios da arinca. O seu local preferido de desova encontra-se ao largo do mar da Noruega, numa área praticamente equidistante das costas da Islândia, das Ilhas Faroés e da Noruega.

Utilização culinária[editar | editar código-fonte]

A arinca é muito popular no norte de Europa, como por exemplo na Noruega e no Reino Unido, onde é comercializado de diversas formas, tais como fresco, defumado, congelado, seco ou em conserva.

A arinca fresca possui uma carne branca de boa qualidade, que pode ser cozinhada das mesmas formas que o bacalhau fresco. A frescura de um filete de arinca pode ser determinada pela sua firmeza. A carne fresca deve também ser translúcida.

Ao contrário do bacalhau, salgar a arinca não funciona bem, sendo, em alternativa, seca ou fumada. Na Escócia, existe uma variedade de arinca fumada denominada Finnan haddie, frequentemente servida cozida em leite ao pequeno-almoço. Nesse país, existe outra variedade denominada Arbroath Smokie, também fumada, que pode ser consumida sem cozedura adicional.

Na Noruega, a arinca é o ingrediente principal das almôndegas de peixe locais, denominadas fiskeboller.

No Reino Unido, é um peixe muito utilizado na preparação do prato Fish and chips.

A arinca é uma excelente fonte de proteínas, contendo também uma porção considerável de vitamina B12, vitamina B6 e selénio. Contém ainda uma dose equilibrada de sódio e de potássio. No cômputo geral, a carne é extremamente magra.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.priberam.pt/dlpo/eglefim Priberam Dicionário, consultado em 12 de Outubro de 2013.
  2. http://www.priberam.pt/dlpo/hadoque Priberam Dicionário, consultado em 12 de Outubro de 2013.