Miklós Laczkovich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miklós Laczkovich
Matemática
Miklós Laczkovich (2011)
Nacionalidade Hungria Húngaro
Nascimento 21 de fevereiro de 1948
Atividade
Campo(s) Matemática
Prêmio(s) Prêmio Ostrowski (1993), Prêmio Széchenyi (1998)

Miklós Laczkovich (21 de fevereiro de 1948) é um matemático húngaro.

Trabalha com análise real e teoria da medida geométrica. Seu resultado mais famoso é a solução do problema círculo-quadrado de Tarski em 1989.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Laczkovich graduou-se em matemática em 1971 na Universidade Eötvös Loránd, onde leciona desde então, dirigindo atualmente o Departamento de Análise. É também professor da University College London. É membro correspondente da Academia de Ciências da Hungria (1993, e membro desde 1998). Foi professor visitante no Reino Unido, Canadá, Itália e Estados Unidos.

Publicou mais de 100 artigos científicos e dois livros, um dos quais, Conjecture and Proof, é um sucesso internacional. Um de seus resultados é a solução do problema de Kemperman: se f é uma função real que satisfaz 2f(x)≤f(x+h)+f(x+2h) para todoh>0, então f é monotonicamente crescente.

Honrarias[editar | editar código-fonte]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Conjecture and Proof, Mathematical Association of America, 2001

Referências

  1. Ruthen, R. (1989) Squaring the Circle, Scientific American 261(1), 22-24.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.