Minério de ferro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A hematita é um minério de ferro muito comum

Os minérios de ferro são rochas a partir das quais pode ser obtido ferro metálico de maneira economicamente viável. O ferro encontra-se geralmente sob a forma de óxidos, como a magnetita e a hematita ou ainda como um carbonato, a siderita.

Os minérios de ferro têm um teor de ferro variável consoante o mineral ferrífero:

Mineral Fórmula química Conteúdo teórico
em ferro
Conteúdo teórico
em ferro
após calcinação
hematita Fe2O3 69,96 69,96
magnetita Fe3O4 72,4 72,4
magnesioferrita MgO·Fe2O3 56-65 56-65
goethita Fe2O3·H2O 62,9 70
hidrogoethita 3Fe2O3·4H2O 60,9 70
limonita 2Fe2O3·3H2O 60 70
siderita FeCO3 48,3 70
pirita FeS2 46,6 70
pirrotita Fe1-xS 61,5 70
ilmenita FeTiO3 36,8 36,8

Fonte: Minério de ferro. Por Pedro Sergio Landim de Carvalho, Marcelo Machado da Silva, Marco Aurélio Ramalho Rocio, Jacques Moszkowicz. "Insumos Básicos". BNDES Setorial 39, p. 197-234

Produção mundial[editar | editar código-fonte]

A extração de minério de ferro é uma indústria presente na maior parte dos países. Os dez maiores produtores mundiais de minério de Ferro (dados de 2006[1]) são a China, Brasil,[2] Austrália, Índia, Rússia, Ucrânia, África do Sul, Irã, Canadá e Estados Unidos, o Reino Unido na época da primeira e segunda Revoluções Industriais, entre 1760 e 1910, era um dos maiores produtores do minério de ferro, mas as jazidas se começaram a se esgotar, porém não antes da Década de 1960.[3][4][5]

O consumo mundial de minério de ferro cresce cerca de 11% ao ano, e os maiores consumidores são a China, Japão, Coreia, Estados Unidos e a União Europeia.

Os métodos de mineração variam consoante o tipo de minério. Os quatro principais, sob o ponto de vista de interesse econômico, são a magnetita, titanomagnetita, hematita e pisolita.

Produção mundial em 2019, em milhões de toneladas por ano
1.  Austrália 919,0
2.  Brasil 405,0
3.  China 351,0
4.  Índia 238,0
5.  Rússia 97,5
6. África do Sul 72,4
7.  Ucrânia 63,2
8.  Canadá 58,5
9.  Estados Unidos 46,9
10.  Suécia 35,7

Fonte: USGS.

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, as principais regiões produtoras de minério de ferro são o Quadrilátero Ferrífero, a Província Mineral de Carajás e a região de Corumbá, que contêm depósitos em rochas constituintes de formações ferríferas bandadas (isto é, formadas por rochas finamente bandadas ou laminadas, constituídas, principalmente, de minerais de sílica e de ferro, tais como hematita, magnetita e algumas variedades de carbonatos e silicatos), chamadas no país de itabirito.[6]

No Brasil, os estados onde se encontram as maiores reservas de minério de ferro são: Pará, Piauí [7][8] e Minas Gerais.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.