Mohamed Dewji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mohamed Dewji
2013
Nascimento 8 de maio de 1975 (45 anos)
Singida, Tanzânia
Nacionalidade tanzaniano
Profissão empresário

Mohammed Gulamabbas Dewji (Singida, 8 de maio de 1975) é um empresário e ex-político da Tanzânia. É proprietário do MeTL Group, um conglomerado da Tanzânia fundado por seu pai na década de 1970. É o bilionário mais jovem do continente Africano.[1] E o segundo dos seis filhos de Gulamabbas Dewji e Zubeda Dewji.[2] foi membro do Parlamento entre 2005 e 2015.[1]

Em 2018, teve um patrimônio estimado em 1,5 bilhão de dólares.[3]

Em 11 de outubro de 2018, foi sequestrado por um grupo armado na capital da Tanzânia, Dar es Salaam.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Singida, Dewji estudou na Universidade de Georgetown em Washington, D.C., graduando-se em 1998 com um diploma de bacharel em negócios internacionais e finanças, e teologia.[4]

Em 2013, se tornou o primeiro tanzaniano a aparecer na lista da revista Forbes, e em 2015 foi nomeado Pessoa do Ano da "Forbes" na África.[1]

Em fevereiro de 2018, teve um patrimônio estimado em 1,5 bilhão de dólares.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.