Economia da Tanzânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Economia da Tanzânia
Mercado próximo a Arusha.
Moeda xelim tanzaniano
Ano fiscal 1 de julho - 30 de junho
Blocos comerciais OMC, União Africana
Estatísticas
PIB 73,5 mil milhões (2012) (85º lugar)
Variação do PIB 6,5% (2012)
PIB per capita 1 700 (2012)
PIB por setor agricultura 27,1%, indústria 24,1%, comércio e serviços 48,7% (2012)
Inflação (IPC) 15,3% (2012)
População
abaixo da linha de pobreza
36% (2002)
Coeficiente de Gini 0,367 (2007)
Força de trabalho total 24 770 000 (2012)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 80%, indústria e serviços 20% (2002)
Principais indústrias processamento agrícola (açúcar, cerveja, cigarro, sisal), mineração (diamante, ouro, ferro), sal, carbonato de sódio, cimento, refino de petróleo, calçados, roupas, produtos de madeira, fertilizantes
Exterior
Exportações 5 031 milhões (2012)
Produtos exportados ouro, café, castanha de caju, manufaturados, algodão
Principais parceiros de exportação República Popular da China 14,3%, Japão 7,8%, Índia 7,8%, Alemanha 6,7%, Emirados Árabes Unidos 4,5% (2011)
Importações 9 724 milhões (2012)
Produtos importados bens de consumo, máquinas e equipamentos de transporte, matérias primas industriais, petróleo bruto
Principais parceiros de importação Índia 18,8%, República Popular da China 17,4%, África do Sul 6%, Quênia 5,9%, Emirados Árabes Unidos 4,7% (2011)
Dívida externa bruta 3 787 milhões (2012)
Finanças públicas
Receitas 6 075 milhões (2012)
Despesas 7 670 milhões (2012)
Fonte principal: [[1] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$
Porto de Dar es Salaam

A Tanzânia é um dos países mais pobres do mundo, com um PIB per capita de apenas 1 700 dólares em 2012. No entanto, sua economia alcançou altos índices de crescimento graças à produção de ouro e ao turismo.[1] O país praticamente concluiu a sua transição para uma economia de mercado liberalizada, muito embora o governo mantenha presença em setores como telecomunicações, bancário, energia e mineração.[1]

A economia depende consideravelmente na agricultura, responsável por 1/4 do produto interno bruto, pelo emprego de aproximadamente 80% da mão de obra e por aproximadamente 85% das exportações.[1] No entanto, a topografia e as condições climáticas limitam as terras cultiváveis a somente 40%. O país situa-se entre os mais 10% pobres do mundo.[1]

A indústria se ocupa principalmente com o processamento dos produtos agrícolas do país e alguns bens de consumo. O Banco Mundial e doadores internacionais têm enviado dinheiro para modernizar a obsoleta infra-estrutura e aliviar a pobreza. Devido à ajuda internacional e a sólidas políticas econômicas o crescimento foi mantido, apesar da recessão mundial[1].

Setor Primário[editar | editar código-fonte]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

A Tanzânia produziu em 2018[2]:

  • 5,9 milhões de toneladas de milho;
  • 5 milhões de toneladas de mandioca (12º maior produtor do mundo);
  • 3,8 milhões de toneladas de batata doce (4º maior produtor do mundo, atrás apenas da China, Malaui e Nigéria);
  • 3,4 milhões de toneladas de banana (10º maior produtor do mundo, 13º acrescentando a produção de plantain, ou banana-da-terra);
  • 3 milhões de toneladas de arroz;
  • 3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar;
  • 1,7 milhões de toneladas de batata;
  • 1,2 milhão de toneladas de feijão (6º maior produtor do mundo);
  • 940 mil toneladas de amendoim (7º maior produtor do mundo);
  • 930 mil toneladas de girassol (12º maior produtor do mundo);
  • 808 mil toneladas de sorgo;
  • 561 mil toneladas de gergelim (5º maior produtor do mundo, perdendo apenas para Sudão, Mianmar, Índia e Nigéria);
  • 546 mil toneladas de coco (11º maior produtor do mundo);
  • 454 mil toneladas de manga (incluindo mangostim e goiaba);
  • 389 mil toneladas de abacaxi;
  • 373 mil toneladas de laranja;
  • 356 mil toneladas de tomate;
  • 238 mil toneladas de algodão;
  • 171 mil toneladas de castanha de caju (6º maior produtor do mundo);

Além de produções menores de outros produtos agrícolas, como tabaco (107 mil toneladas, 8º maior produtor do mundo), café (55 mil toneladas), chá (36 mil toneladas) e sisal (33 mil toneladas). [3]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bandeira da Tanzânia Tanzânia
Bandeira • Brasão • Hino • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens