Economia do Gabão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Economia do Gabão
Refinaria de petróleo da empresa SOGARA.
Moeda Franco CFA da África Central
Ano fiscal ano calendário
Blocos comerciais OMC, União Africana
Estatísticas
PIB 26,71 mil milhões (2012) (117º lugar)
Variação do PIB 6,1% (2012)
PIB per capita 17 300 (2012)
PIB por setor agricultura 4,2%, indústria 53,7%, serviços 42% (2012)
Inflação (IPC) 2,7% (2012)
Força de trabalho total 756 200 (2012)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 60%, indústria 15%, serviços 25% (2000)
Desemprego 21% (2006)
Principais indústrias extração e refino de petróleo, ouro, manganês, produtos químicos, reparação naval, alimentos e bebidas, têxtil, madeireira e de madeira compensada, cimento
Exterior
Exportações 10,82 mil milhões (2012)
Produtos exportados petróleo bruto, madeira, urânio, manganês
Principais parceiros de exportação Estados Unidos 41,7%, Austrália 9,3%, Malásia 8,5%, Japão 6%, República Popular da China 5,1%, Espanha 4,6% (2011)
Importações 3 496 milhões (2012)
Produtos importados máquinas e equipamentos, alimentos, produtos químicos, materiais de construção
Principais parceiros de importação França 32,6%, República Popular da China 8,3%, Estados Unidos 6,3%, Bélgica 5,7%, Camarões 4,3% (2011)
Dívida externa bruta 2 758 milhões (2012)
Finanças públicas
Receitas 5 395 milhões (2012)
Despesas 4 277 milhões (2012)
Fonte principal: The World Factbook[1]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

O Gabão tem uma renda per capita 4 vezes maior que os países vizinhos da África subsaariana[1]. Isto ajudou a reduzir os índices de pobreza extrema. Entretanto, devido à desigualdade de distribuição de renda, uma boa parcela da população permanece pobre.

O Gabão dependia da produção de manganês e de madeira até que o petróleo foi descoberto em sua costa na década de 1970. O petróleo representa hoje 50% do Produto Interno Bruto e 80% das exportações.

Cerca de 60% da força de trabalho do país está na agricultura. Há poucas indústrias de transformação no país. Um dos motivos é o seu reduzido mercado interno. Outros são: a sua dependência do mercado francês e o seu pouco contato comercial com países vizinhos. O país teve sua dívida com o Brasil perdoada e em troca as empresas brasileiras receberam incentivos fiscais.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências


Flag-map of Gabon.svg Gabão
Bandeira • História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens