Economia da Albânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Economia da Albânia
Tirana, o centro financeiro da Albânia
Moeda Lek
Ano fiscal Ano calendário
Blocos comerciais OMC
Estatísticas
PIB US$ 36,524 bilhões (2017) (118º lugar)
Variação do PIB 3,46% (2017)
PIB per capita US$ 11,928 (2016)
PIB por setor agricultura 18,9%, indústria 23,5%, comércio e serviços 57,6% (2010)
Inflação (IPC) 2,3% (2018)
População
abaixo da linha de pobreza
13% (2018)
Coeficiente de Gini 26,7 (2005)
Força de trabalho total 1,8 milhões (2016)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 47,8%, indústria 23%, comércio e serviços 29,2% (2010)
Desemprego 14,2% (2017)
Principais indústrias processamento de alimentos, têxtil e roupas, madeira, petróleo, cimento, produtos químicos, mineração, metais básicos, energia hidroelétrica
Exterior
Exportações US$ 1,962 bilhões (2016)
Produtos exportados têxteis e calçados, asfalto, metais e minerais metálicos, petróleo bruto, legumes, frutas, tabaco
Principais parceiros de exportação Itália 50,8%, Kosovo 6,2%, Turquia 5,9%, Grécia 5,4%, República Popular da China 5,5% (2010)
Importações US$ 4,664 bilhões (2016)
Produtos importados máquinas e equipamentos, alimentos, têxteis, produtos químicos
Principais parceiros de importação Itália 28%, Grécia 13%, República Popular da China 6,3%, Turquia 5,6%, Alemanha 5,6% (2010)
Dívida externa bruta 2,81 bilhões (2009)
Finanças públicas
Receitas US$ 3,3 bilhões (2017)
Despesas US$ 2,75 bilhões (2017)
Ajuda económica recebida: 318,7 milhões (2005)[1]
Fonte principal: The World Factbook
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

A Albânia é um dos países mais pobres da Europa, e tem enfrentado dificuldades bem maiores que os seus vizinhos dos Bálcãs para modernizar a sua economia. Nos últimos anos, o crescimento macroeconômico se situou em média nos 5% ao ano, e a inflação tem permanecido estável. O governo tem adotado medidas para combater o crime organizado e recentemente pôs em prática um pacote fiscal para combater a economia informal e atrair o investimento estrangeiro[2].

O país é ajudado pelas remessas dos albaneses que trabalham no exterior, que correspondem a 15% do Produto Interno Bruto do país[2]. A agricultura, que emprega mais de metade da população porém gera pouco mais de 20% do PIB é realizada em pequenas propriedades e é predominantemente de subsistência, devido à falta de equipamentos modernos e uma titularidade incerta das propriedades[2]. A escassez de energia elétrica, que se baseia principalmente na hidroeletricidade, assim como uma infraestrutura antiquada e inadequada dificultam a atração de novos investimentos externos[2].

Com a ajuda de fundos da União Europeia o país está investindo na modernização de suas rodovias e ferrovias, cuja obsolescência há anos dificulta seu desenvolvimento[2].

Produto Interno Bruto[editar | editar código-fonte]

  • População Ativa: 1.548.000
  • Balança do Estado: Entradas: 89.145 milhões de Lek Despesas: 137.254 milhões de Lek
  • Dívida Externa: 975 milhões de dólares
  • Ajudas Externas: 480 milhões de dólares

Setores[editar | editar código-fonte]

Setor primário[editar | editar código-fonte]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

Produto Hectares Toneladas
Trigo 132.000 3.300
Melancia - 2.200
Milho 60.000 2.150
Batata 12.000 1.800
Tomate 5.000 1.620
Uva - 750
Beterraba 2.000 500
Azeitona - 480
Feijão 27.000 300


Pecuária[editar | editar código-fonte]

Rebanho
Tipo Cabeças
Aves 4.000.000
Ovinos 1.941.000
Caprinos 1.120.000
Bovinos 720.000
Asininos 113.000
Suínos 81.000
Produtos
Produtos Toneladas
Pele 12.000
Peixe 2.745

Referências

Bandeira da Albânia Albânia
Bandeira • Brasão • Hino • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens