Os Prados de Ouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Murûj adh-dhahab)
Ir para: navegação, pesquisa

Prados de ouro e minas de gemas (em árabe: مروج الذهب ومعادن الجوهر) é um livro árabe que conta a história do mundo começando com Adão e Eva até o califado Abássida escrito pelo historiador medieval Masudi (em árabe: المسعودي).

Uma primeira versão do livro foi completa no ano de 947, mas autor passou a mair parte de sua vida adicionando e editando o trabalho.[1] A primeira versão europeia do livro foi publicada em francês e árabe entre 1861 e 1877 pela sociedade asiática de Paris por Barbier de Meynard e Pavet de Courteille. Por mais de 100 anos esta foi a versão padrão utilizada pelos estudiosos ocidentais até que Charles Pellat publicasse uma versão francesa entre 1966 e 1974. Esta revisão foi publicada pela Universidade Libanesa de Beirute e consistia de cinco volumes.[2]

Nesse livro, Al Masudi relata as viagem de um jovem nascido em Córdoba de nome Khachkhach junto com seus companheiros por terras além do oceano Atlântico e do mar Mediterrâneo de onde voltaram com grandes riquezas, essa história seria conhecida por todos na Espanha e revela o conhecimento das terras americanas na península Ibérica muito antes dos tempos de Colombo e Cabral.[3]

Referências

  1. Stone, Caroline. . "The Model of the Historians." (em inglês) 56. Saudi Aramco World.. Visitado em 04/05/2010.
  2. Masudi (1989). The Meadows of Gold: The Abbasids. (Londres: Kegan Paul International). p. 17.  Parâmetro desconhecido |tradução= ignorado (Ajuda)
  3. Al-Masudi, Abul Hasan; Barbier de Meynard, Charles; Pavet de Courteille, Abel. Les prairies d'or Paris : Impr. Impériale [S.l.] pp. 257–259.