Museu Casa dos Contos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Casa dos Contos
Fachada lateral da Casa dos Contos
Inauguração 6 de fevereiro de 1974 (43 anos)
Website Casa dos Contos
Geografia
País Brasil
Cidade Ouro Preto
Coordenadas 20° 23' 03" S 43° 30' 22" O

A Casa dos Contos é um museu brasileiro localizado em Ouro Preto, Minas Gerais.Esse monumento é uma construção feita em estilo barroco mineiro. O maior objetivo desta casa é preservar a história do Ciclo do Ouro e também promover a cultura nacional.

História[editar | editar código-fonte]

A Casa dos Contos, um dos mais prestigiados monumentos do barroco mineiro atualmente, está localizada em Ouro Preto, MG. Construída entre 1782 e 1784, serviu inicialmente como residência a João Rodrigues de Macedo, proprietário da casa, e Casa dos Contratos, do arrematante da Arrecadação Tributária das Entradas e Dízimas. Nessa mesma época, serviu como esconderijo para os membros da Inconfidência Mineira. Durante a repressão à Inconfidência Mineira, a casa serviu para acomodar as tropas do vice-rei, e de prisão para os inconfidentes com elevados títulos sociais. Em 1792, Macedo, em grande dívida com a Real Fazenda, transferiu a casa para esta, que a transformou em sede da administração e contabilidade pública da Capitania de Minas Gerais e mudou seu nome para Casa dos Contos. Entre 1820 a 1844, a casa foi ampliada, incorporando à Casa dos Contos a Casa de Fundição do Ouro e a Casa da Moeda, para poder exercer a função de Secretaria da Fazenda no mesmo local ocupado pelo Tesouro Nacional. No ano de 1897, enquanto o monumento recebia várias modificações, a casa passou a ser ocupada pelos Correios e pela Caixa Econômica. Em 1970, a Prefeitura Municipal ocupou o prédio. Por fim, no ano de 1973, o Ministério da Fazenda assumiu novamente o imóvel e o transformou em um Centro de Estudos do Ciclo do Ouro, com a finalidade de mostrar a história econômico-fiscal do Ciclo do Ouro. Após o Ministério da Fazenda assumir o local e transformá-lo em museu, diversos acervos históricos foram filmados, fotografados e escritos, com o objetivo de disponibiliza-los para pesquisas e elaborações de trabalhos sobre o Ciclo do Ouro, a história de Minas Gerais e do Brasil.

Restauração[editar | editar código-fonte]

O prédio já passou por uma restauração completa. No processo, foram encontradas algumas pinturas debaixo de forros e em paredes e algumas estruturas e detalhes arquitetônicos anteriormente perdidos. Dentre as modificações feitas no prédio durante a restauração estão modificações no telhado que buscaram reforçá-lo e, ao mesmo tempo, manter a aparência original. Foram instalados pára-raios, tensores, extintores de incêndio, passarelas e iluminação sobre o telhado.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Casa dos Contos». Ministério da Fazenda. Consultado em 4 de junho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]