Museu do Dundo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Museu do Dundo
Tipo museu
Inauguração 1936 (83 anos)
Geografia
Cidade Dundo
País Angola

O Museu do Dundo é um museu nacional angolano localizado no Dundo. Possui uma coleção etnográfica da área geográfica da Lunda e dos povos vizinhos predominando objetos do grupo étnico “chócue”.

A coleção é composta por esculturas, máscaras, esteiras e cadeiras, elaborados com técnicas, estilos e matérias‐primas tradicionais.

Desde a sua fundação, em 1936, o museu recebeu várias designações: “Museu Gentílico” (1936), “Museu Etnológico” (1938), “Museu Etnográfico” (1940), “Museu Etnológico” de novo (1942) e “Museu do Dundo” (1943). Atualmente é designado por Museu Regional do Dundo.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundado em 1936 pela Diamang, estando sob o seu controlo até 1975.

O museu promoveu campanhas etnográficas na região do Dundo e a zonas mais afastadas como o Camaxilo (1937), o Canzar, o Alto Zambeze (1939), e finalmente (1946), o Alto Chicapa, o Tchiboco, “pátria dos Quiocos”. Estas campanhas destinavam-se ao reconhecimento etnográfico e à aquisição de objetos entre as populações locais.[1]

Referências

  1. Matos, Patrícia Ferraz de (2009). «Projetos coloniais e seus efeitos: o caso do trabalho de José Redinha desenvolvido no Museu do Dundo». Universidade do Sul de Santa Catarina. Poiésis. 4 (2): 42-61 
Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.