Niantic, Inc.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Niantic, Inc. é uma empresa americana de desenvolvimento de software mais conhecida pelos jogos de realidade aumentada através de dispositivos móveis.[1]

Ela foi formada em 2010 como uma startup interna no Google, lançando mundialmente o jogo Ingress. Tornou-se uma entidade independente em agosto de 2015, logo após o anúncio do Google de sua reestruturação como Alphabet Inc.[2][3][4][5]

A companhia adquiriu este nome do navio baleeiro Niantic, que viajou para São Francisco durante a corrida do ouro californiana.[6][7]

História[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2015, foi anunciado que Niantic estava produzindo Pokémon GO em conjunto com Nintendo e The Pokémon Company para iOS e Android. O jogo foi lançado em julho de 2016, tendo ultrapassado em apenas uma semana recordes de downloads e gerado diversas histórias inusitadas.[8][9][10][11]

Em novembro de 2017, a empresa anunciou o lançamento do jogo Harry Potter: Wizards Unite em parceria com a WB Games de São Francisco e a Portkey Games. O jogo focaria na interação dos usuários com personagens e criaturas do universo de Harry Potter utilizando realidade virtual.[12] O jogo foi descontinuado em janeiro de 2022.[13]

Em outubro de 2021, a empresa apresentou o jogo Pikmin Bloom que incentiva os jogadores a caminharem ao ar livre coletando e interagindo com as criaturas Pikmin.[14]

Em novembro de 2021, o CEO da empresa, John Hanke, anunciou esforços em direção à construção de um metaverso com foco no mundo real e na interação entre as pessoas. Apresentou ainda o Lightship, uma plataforma para facilitar o desenvolvimento de objetos e estruturas virtuais no mundo real. O CEO também fez críticas ao conceito de metaverso anunciado por grandes empresas de tecnologia, caracterizando-o como um "pesadelo distópico".[15]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Frank, Blair Hanley. «Google's Niantic Labs merges another virtual world with reality in upcoming game». Geekwire.com. Geek Wire. Consultado em 18 de março de 2015 
  2. Kessler, Sarah. «Can A Startup Live Inside Google? Niantic Labs, Creators Of Field Trip And "Ingress" Try». Fast Company. Consultado em 22 de maio de 2013 
  3. Olanoff, Drew (12 de agosto de 2015). «Niantic Labs, Maker Of Ingress, Spun Out Of Google As Its Own Company». Tech Crunch 
  4. Groden, Claire (13 de agosto de 2015). «Google's internal start-up Niantic Labs spins off». Fortune 
  5. Ingress. «Important Account Information: Niantic Labs is becoming an independent company...». Ingress Google+ page. Google. Consultado em 12 de agosto de 2015 
  6. Markowitz, Eric (20 de dezembro de 2012). «Exclusive: Inside the Mind of Google's Greatest Idea Man, John Hanke». Inc.com. Consultado em 19 de junho de 2015 
  7. Upbin, Bruce. «The Niantic Project: What Is Google Up To?». Forbes. Consultado em 22 de maio de 2013 
  8. «'Pokémon Go' para iOS e Android levará monstrinhos para 'mundo real'». G1. 10 de setembro de 2015. Consultado em 11 de setembro de 2015 
  9. Reilly, Luke (10 de setembro de 2015). «Pokémon GO Coming to Smartphones» (em inglês). IGN. Ziff Davis. Consultado em 10 de setembro de 2015 
  10. Para celulares, "Pokémon GO" traz batalhas de monstrinhos ao mundo real
  11. «Nintendo anuncia Pokémom Go, jogo ambientado no mundo real». Consultado em 12 de setembro de 2015. Arquivado do original em 13 de setembro de 2015 
  12. «NIANTIC, INC. AND WARNER BROS. INTERACTIVE ENTERTAINMENT ANNOUNCE PARTNERSHIP FOR HARRY POTTER: WIZARDS UNITE, AN AUGMENTED REALITY MOBILE GAME INSPIRED BY J.K. ROWLING'S WIZARDING WORLD». Niantic (em inglês). Consultado em 29 de junho de 2022 
  13. «Niantic vai desativar Harry Potter: Wizards Unite em janeiro». www.tecmundo.com.br. Consultado em 29 de junho de 2022 
  14. «Pikmin Bloom, novo jogo de realidade aumentada, chega para celulares». Canaltech. 28 de outubro de 2021. Consultado em 6 de junho de 2022 
  15. «Niantic entra no metaverso com app que cria objetos virtuais no mundo real». Tecnoblog. Consultado em 5 de junho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.