Indústria de jogos eletrônicos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Entretenimento interativo. Pode-se discutir o procedimento aqui. (desde agosto de 2016)


A indústria de jogos eletrônicos (antes referido como entretenimento interativo[1]) é um setor econômico envolvido com o desenvolvimento, marketing e venda de videogames e consoles de videogame. Ela engloba dúzias de disciplinas de empregos e emprega milhões de pessoas mundialmente.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: História dos jogos eletrônicos

1940s–1960s[editar | editar código-fonte]

Antes de 1970, não havia um aspecto comercial significante para a indústria de jogos eletrônicos, mas muitos avanços na computação iriam definir o nascimento da indústria.

Muitas máquinas de jogos interativas baseadas em computador disponíveis publicamente usavam outros mecanismos para imitar uma tela; enquanto que tecnicamente não eram "jogos eletrônicos", eles tinham elementos de interatividade entre o jogador e a máquina. Outros exemplos disso incluíam o "Nimatron" de 1940, um dispositivo eletromagnético baseado em relay em que se jogava Nim projetado por Edward Condon e construído por Westinghouse Electric Corporation para a Feira Mundial de Nova Iorque,[3] Bertie the Brain, um jogo de arcade de jogo da velha, construído por Josef Kates para a Exibição Nacional Canadense de 1950,[4] e Nimrod criado pela firma de engenharia Ferranti para o Festival da Britânia de 1951.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bob Johnstone. «Video Games Industry Infographics». ESRB Infographics. ESRB. Consultado em August 1, 2014 
  2. Zackariasson, P. and Wilson, T.L. eds. (2012). The Video Game Industry: Formation, Present State, and Future. New York: Routledge.
  3. Smith, Alexander (2014-01-22). «The Priesthood At Play: Computer Games in the 1950s». They Create Worlds. Arquivado desde o original 2015-12-22. Consultado em 2015-12-18 
  4. Simmons, Marlene (1975-10-09). «Bertie the Brain programmer heads science council». Ottawa Citizen. p. 17. Consultado em 2015-12-18 
  5. Donovan, Tristan. Replay: The History of Video Games. [S.l.: s.n.]. 1–9 p. ISBN 978-0-9565072-0-4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.