O Arco de Sant'Ana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Arco de Sant'Ana
Autor(es) Almeida Garrett
Idioma português
País  Portugal
Gênero Romance
Linha temporal século XIV
Localização espacial Porto
Editora Imprensa Nacional
Formato 2 volumes; 16 cm
Lançamento 1845-1850
Books-aj.svg aj ashton 01.png A Wikipédia possui o
Portal de Literatura

O Arco de Sant'Ana é um romance em dois volumes de Almeida Garrett, publicados respectivamente em 1845 e 1850, baseado na anedota histórica, segundo a qual Dom Pedro I teria açoitado com suas próprias mãos o bispo do Porto, no palácio episcopal.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Gertrudes - Jovem de 16 anos instigadora de uma revolta popular
  • Vasco - namorado de Gertrudes, estudante

Adaptação para Ópera[editar | editar código-fonte]

Tornou-se ópera em quatro actos, com libreto extraído do romance de Garrett e música de Sá Noronha (1820-1881), estreada no Teatro de São João do Porto, em 1867, e cantada no ano seguinte no São Carlos.

"O público fez o mais lisonjeiro acolhimento à ópera, prodigalizando entusiásticos aplausos aos cantores. A composição de Noronha tinha algum merecimento, mas estava longe de justificar as ovações que lhe fizeram. Mas se o público assim aplaudia os que cantavam a ópera do maestro português, resolveu desforrar-se pateando os que se tinham recusado a cantar a composição nacional."[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Benevídes, Francisco da Fonseca (1883) O Real Teatro de S. Carlos de Lisboa desde a sua fundação em 1793 até à actualidade: estudo histórico Tip. Castro Irmão, p. 324
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.