O Pracinha de Rio Negro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Pracinha de Rio Negro
 Brasil
2010 •  cor •  10' 05" min 
Direção Anderson Jader
Priscilla Miquilussi
Roteiro Camilla Mageski
Elenco Luthero de Almeida
Endrigo Monte Serrat
Daniel Jorge
entre outros
Género curta-metragem guerra / documentário
Idioma português

O Pracinha de Rio Negro é um curta-metragem brasileiro produzido para a televisão em 2010. Do gênero guerra / documentário, foi escrito por Camilla Mageski e dirigido por Anderson Jader e Priscilla Miquilussi e exibido no quadro Casos e Causos do programa Revista RPC na noite de domingo, 24 de outubro de 2010 e reprisado em 2 de janeiro de 2011.[1]

Baseado em fatos reais, o filme conta a história do rionegrense Adir Jorge, soldado da Força Expedicionária Brasileira durante a Segunda Guerra Mundial e que morreu em combate, em pleno solo italiano .[2]

Utilizando a técnica de imagens em preto e branco, a produção utilizou locações em Rio Negro (cidade natal de Adir, ao sul do Paraná) e em Curitiba (no quartel do Pinheirinho e no Museu do Expedicionário).[3]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

O filme foi indicado ao “Prêmio RPC TV Melhores em Cena” - edição 2011 e ganhou na categoria “Melhor Produção”.[4]

Elenco[editar | editar código-fonte]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.