O Sangue

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Sangue
Portugal Portugal
1989 •  p&b •  95 min 
Realização Pedro Costa
Produção Vítor Gonçalves
Argumento Pedro Costa
Elenco Pedro Hestnes
Nuno Ferreira
Inês de Medeiros
Género drama
mistério
Música Pedro Caldas
Cinematografia Acácio de Almeida
Elso Roque
Martin Schäfer
Edição Manuela Viegas
Companhia(s) produtora(s) Trópico Filmes
Instituto do Cinema e Audiovisual
Rádio e Televisão de Portugal
Fundação Calouste Gulbenkian
Distribuição ZON Lusomundo
Lançamento Portugal 7 de dezembro de 1990
Idioma português

O Sangue é um filme português de drama e mistério escrito e realizado por Pedro Costa. O filme protagonizou Pedro Hestnes, Nuno Ferreira e Inês de Medeiros. Estreou-se nos cinemas portugueses a 7 de dezembro de 1990.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Aos 17, Vicente vive com o irmão, Nico, e o pai doente numa casa em ruínas nos arredores de Lisboa. Ambos irmãos não têm memória da mãe e são chegados ao pai, mesmo com as suas mudanças de humor e ausências. Um dia, o pai parte de vez, e Vicente e Nico decidem esconder a verdade e manter o segredo entre eles. Clara, uma assistente social, apaixona-se por Vicente, e este e outros segredos acabam por ser desvendados.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «O Sangue». SAPO Mag. SAPO. Consultado em 27 de agosto de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme português é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.