OmegaT

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
OmegaT
OmegaT Logo.png
OmegaT screenshot 1.6.1.04.png
OmegaT 1.6 em Mac OS X
Autor Keith Godfrey
Desenvolvedor Didier Briel, Alex Buloichik, Zoltan Bartko, Tiago Saboga, etc.
Plataforma Plataforma Java
Modelo do desenvolvimento Software livre
Lançamento 28 de novembro de 2002 (18 anos)
Versão estável 4.3.2 (26 de janeiro de 2020; há 17 meses)
Versão em teste 5.2.0 Beta (26 de janeiro de 2020; há 17 meses)
Escrito em Java
Sistema operacional Multi-plataforma
Gênero(s) Assistente de tradução
Licença GPL
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial omegat.org

OmegaT é um assistente de tradução de código aberto, projetado na linguagem de programação Java. Desenvolvido originalmente por Keith Godfrey no ano 2000, atualmente é mantido por um grupo liderado por Didier Briel. Possui sua marca registrada na Alemanha.

História[editar | editar código-fonte]

Omega T foi criado originalmente por Keith Godfrey em 2000. Sua versão inicial foi escrita em C++, mas em fevereiro de 2001 sua primeira versão pública foi publicada na linguagem de programação Java.

A primeira versão em Java usava um formato de memória de tradução proprietário, e precisava do Java 1.3 para funcionar. O programa oferecia suporte a documentos StarOffice, em texto puro, texto Unicode e HTML, e podia segmentar apenas o bloco do nível (o que para a maioria dos efeitos práticos, significava a segmentação do parágrafo).

Da versão 1.4.4 a 1.6.0 o desenvolvimento do projeto foi guiado por Maxym Mykhalchuk. Henry Pijffers também ocupou essa função até à versão 1.7.1. Atualmente o projeto é organizado por Didier Briel.

OmegaT requer Java 1.5 ou superior para funcionar, e utiliza bibliotecas LGPL.

Características[editar | editar código-fonte]

As principais características do OmegaT são:

  • Concordância difusa
  • Propagação de concordâncias
  • Processamento simultâneo de projetos com vários ficheiros
  • Utilização simultânea de várias memórias de tradução
  • Glossários exteriores
  • Formato de ficheiro de documento: texto simples, HTML, OpenOffice.org/StarOffice (este último contém excelentes filtros de conversão para MS Word, Excel e RTF)
  • Suporte Unicode (UTF-8): pode ser utilizado com alfabetos não latinos
  • Compatível com outras aplicações de memória de tradução (TMX nível 1)

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O grupo de desenvolvedores é formado por Alex Buloichik, Zoltan Bartko, Didier Briel, Kim Bruning, Henry Pijffers, Tiago Saboga, e outras pessoas menos atuantes. Esse grupo atua no controle de bugs do software e nos melhoramentos postados nos sites SourceForge e GitHub.[1][2][3]

Referências

  1. «OmegaT's "standard" and "latest" versions». Consultado em 15 de julho de 2020 
  2. «SourceForge code repository». Consultado em 15 de julho de 2020 
  3. «GitHub code repository». Consultado em 15 de julho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre software livre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.