Ora sí ¡tenemos que ganar!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde março de 2018.
Ora sí tenemos que ganar
1981 •  
Género drama

Ora sí ¡tenemos que ganar! é um filme mexicano do gênero drama lançado em (1981, dirigido por Raúl Kamffer e produzido pela Universidade Nacional Autônoma do México.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Os abusos de autoridade e do empresário em um povoado mineiro faz com que os trabalhadores, influenciados pela leitura dos artigos de Ricardo Flores Magón no jornal Regeneración, se organizem clandestinamente e se amotinem contra o dono estadunidense da mina que se recusa resgatar um grupo de trabalhadores presos no interior da mina por um desabamento.

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme mexicano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.