Ostara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ostara.

Ostara Está relacionada com festividades que se celebram durante o equinócio de primavera. A celebração tem forte relação com outras celebrações pagãs.

Ostara é o primeiro dia da Primavera, ocorre cerca de 21 de Setembro no hemisfério Sul e 21 de Março no hemisfério Norte. O inicio da primavera marca também a volta do Sol e uma época do ano em que dia e noite tem a mesma duração depois do inverno. Para os wiccans é o despertar da Terra com sentimentos de equilíbrio e renovação. Ostara, também conhecida como Eostre (Deusa Anglo-Saxã, que significa Deusa da Aurora) ou Easter (Pascoa, em inglês), pois a pascoa no hemisfério norte é realizado nesta época, são deusas da primavera, da ressurreição e renascimento e tem como símbolo o coelho. Uma das principais tradições desse festival é a decoração de ovos. O ovo representa a fertilidade da Deusa e do Deus. Outra tradição muito antiga é a de esconder os ovos e depois achá-los.(Talvez veio daí o costume dos Norte-americanos de esconderem os ovos de chocolate no dia da Páscoa para que as crianças os achem.) Mesmo os não wiccans sentem-se diferentes neste período, mais dispostos, comem menos, dormem menos e acordam mais cedo.

Para os wiccanos também é época de começar a plantar, época do amor, de promessas e de decisões, pois a Terra e a natureza despertam para uma nova vida.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Festa em homenagem a Eostre, Deusa da Primavera. É tempo de dar ovos[1] coloridos de presente aos amigos e entes queridos, como um símbolo de sorte, fertilidade e prosperidade. O coelho era o símbolo do festival, bem por causa de sua re-emergência durante esta temporada, e por sua capacidade reprodutiva. Essa festa era mais comemorada por causa das crianças. A tradição está presente hoje no feriado de Páscoa, só que os ovos viraram de chocolate. Comemorada no equinócio de primaveira, 21 de Setembro no hemisfério Sul e 21 de Março no hemisfério Norte.

Curiosidades

1 - Um coelho ou lebre é associado com a deusa Eostre. Lebres são um dos primeiros animais a mostrar-se sobre a terra quando a primavera está próxima. A lebre foi um símbolo tradicional de fertilidade e seu comportamento de corte na primavera inspirou o idioma Inglês "louco como uma lebre de março".

2 - Decoração: Para decorar a celebração, pode-se pensar em colocar simbolismo de coelhos e aves, ovos de todos os tipos, ninhos, flores sazonais, como jacintos ou Narciso ao redor ou dentro de casa.

  1. O ovo é o pacote perfeito da natureza. Ele tem, durante o período da história, representado mágica, medicamentos, alimentos e bom presságio. É o símbolo universal de celebrações da Páscoa em todo o mundo e tem sido tingido, pintado, adornado e embelezado na celebração de seu simbolismo especial.