Pâncota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Este artigo cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Romênia Pâncota

Pankota

 
—  Cidade  —
Castelo Dietrich-Sukowsky em Pâncota
Castelo Dietrich-Sukowsky em Pâncota
Brasão de armas de Pâncota
Brasão de armas
Pâncota está localizado em: Roménia
Pâncota
Localização de Pâncota na Romênia
Coordenadas 46° 19' 21" N 21° 41' 13" E
Região histórica CrișanaTransilvânia
Distrito Arad
Administração
 - Prefeito Dan-Ștefan Pocrișer[1] (Partido Social-Democrata)
Área
 - Total 66,96 km²
Altitude 192 m
População (2011) [2][3]
 - Total 6 946
    • Densidade 103,7 hab./km²
Código postal 315 500
Sítio pancota.home.ro

Pâncota (em húngaro: Pankota) é uma cidade no distrito de Arad, região de Crișana na Romênia, constituída por Pâncota e pelo vilarejo de Măderat. Está localizado a 37 km de Arad, na área central do distrito, na planície de Arad, próximo às montanhas de Zarand. O assentamento possui uma área administrativa de 66,96 km².

Geografia[editar | editar código-fonte]

A cidade de Pâncota está localizada na parte sudoeste da depressão de Zărandul, na extremidade norte dos vinhedos de Arad. Pela cidade passa o Ribeiro Sodom, que nasce nas montanhas Highis, a 25 km de distância. A planície de Tisza, parte da planície de Arad, foi separada por erupções vulcânicas da parte noroeste da cidade.

Pâncota fica ao ao norte das cidades de Zărand e Seleus, a leste de Târnova, ao sul de Siria e a oeste de Sântana.

De acordo com a tradição local, a antiga localização central da cidadade ficava no sopé da colina Peeleg, em "Ogrăzile Vechi". O padre católico Șerban din Ineu indicou, em uma de suas notas , que o nome Pâncota ser derivado das palavras latinas pan cubitum que podem indicar "canto da colina" ou "fim da colina".

Histórico[editar | editar código-fonte]

O primeiro atestado documental da localidade data de 1202-1203 quando o assentamento ficou conhecido como Villa Pankota.

O território atual de Pâncota iniciou com um convento no ano de 1216. A informação é da obra do historiador Sándor Marki, segundo a qual a população da localidade está sob a jurisdição de mosteiros liderados por Andreas.

Várias vezes a cidade foi destruída por invasores. Os turcos conquistaram a cidade em diversas ocasiões, a partir de 1687 entraram na administração do Império Habsburgo e, a partir de 1867, entraram na administração austro-húngara até o final da Primeira Guerra Mundial.

Pâncota é famosa por suas feiras desde o século XVIII. Centro de artesanato reconhecido, a associação apareceu como um sistema organizacional no início do século XIX.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Populações históricas
Ano Pop. ±%
1977 7 206 —    
1992 7 446 +3.3%
2002 7 186 −3.5%
2011 6 946 −3.3%
Fonte: Recensăminte sau birourile de statistică

De acordo com o censo realizado em 2011, a população da cidade Pâncota é de 6.946 pessoas, menor que o censo anterior de 2002, quando havia sido registrado 7.186 habitantes.[2] A maioria dos habitantes são romenos (74,2%). As principais minorias são os ciganos (10,5%), os húngaros (6,54%) e os alemães (2,07) %. 5,57% da população desconhece-se a etnia[3]

Em termos de religião, a maioria das pessoas são ortodoxos (59%), mas há minorias de pentecostais (19,29%), catolicismo romano (7,85%), batistas (3,01%), adventistas (1,93%) e da Igreja Reformada (1,55%). 5,86% da população desconhece-se a religião[4]

Política e administração[editar | editar código-fonte]

A cidade de Pâncota é administrada por um prefeito e um conselho local composto por 15 conselheiros. O prefeito, Dan-Ștefan Pocrișer, do Partido Social-Democrata, foi eleito em 2016.

Economia[editar | editar código-fonte]

Pâncota em Mapa de Iozefini, 1782-1785 Arad Josephinische Landesaufnahme pg25-29.jpg

A economia da cidade está passando por uma forte dinâmica com aumentos significativos em todos os setores de atividade. materiais de construção, mobiliário, pequenas indústrias, indústria de alimentos, serviços e turismo. Pâncota é também um importante centro de vinhedos, conhecido tanto no país como no exterior.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Uma das atrações turísticas mais importantes da cidade é a caminhada ao longo da rua Tudor. Há também o antigo escritório postal de Vladimirescu, o palácio "Sukowsky" e o não menos importante Canal Matca - uma obra relevante para a engenharia hidráulica.

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

  • Fortaleza Turca de Pankota
  • Castelo Dietrich-Sukowsky

Pessoas importantes[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Primari aleşi pe municipii, oraşe şi comune» (xlsx) (em romeno). Consultado em 16 de Abril de 2018 
  2. a b «Recensământul Populației și al Locuințelor 2002 - populația unităților administrative pe etnii» (zip) (em romeno). Kulturális Innovációs Alapítvány (KIA.hu - Fundația Culturală pentru Inovație) 
  3. a b «Tab8. Populația stabilă după etnie – județe, municipii, orașe, comune» (xls) (em romeno). Institutul Național de Statistică din România. Julho de 2013 
  4. Instituto Nacional de Estatística na Roménia, ed. (Julho de 2013). «TAB13. População residente por religião - condados, cidades, comunas» (em romeno) 


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Romênia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.