PR-495

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Rodovia PR-495 é uma estrada pertencente ao governo do Paraná que liga a cidade de Serranópolis do Iguaçu (desde a divisa Norte do Parque Nacional do Iguaçu) e a cidade de Capanema (entroncamento com a BR-467).

O primeiro trecho desta rodovia, de 17,6 km, é também conhecido como Estrada do Colono, um antigo caminho que foi transformado em estrada por volta de 1950. Com o crescente desmatamento do interior do Paraná, a criação de dezenas de cidades e a construção de inúmeras rodovias, ocorridas nas décadas seguintes, começou a haver pressão de grupos ambientalistas para o fechamento da Estrada, que corta ao meio o Parque Nacional do Iguaçu, uma área de preservação ambiental permanente. O Ministério Público Federal obteve o fechamento da Estrada do Colono em 1986, porém ocorreu uma reabertura ilegal em 1997, até que, em 2001, uma ação envolvendo o Exército Brasileiro, a Polícia Federal e o IBAMA deu cumprimento à ordem judicial que resultou no fechamento definitivo da Estrada.[1]

O fechamento da Estrada é importante para a manutenção do ecossistema do Parque, tanto que, em 1999, a UNESCO chegou a inscrever o Parque Nacional do Iguaçu, inscrito, a pedido do Brasil, na lista do Patrimônio Mundial, como Patrimônio em Perigo, em razão da reabertura da Estrada do Colono. Somente em 2001, com o fechamento definitivo da Estrada, o Parque foi retirado da lista.[2]

Com o fechamento da Estrada, a distância rodoviária entre as cidades de Medianeira e Capanema aumentou de 58 km para mais de 170 km (utilizando-se as rodovias BR-277, PR-182 e PR-582). Com objetivo de propiciar alternativas de desenvolvimento à região de Capanema, o Governo do Paraná inaugurou, em 1994, a Ponte Internacional sobre o Rio Santo Antônio, uma ligação rodoviária com a Argentina.

Trechos da Rodovia[editar | editar código-fonte]

A rodovia possui uma extensão total de aproximadamente 123,6 km (excluindo-se o trecho fechado, da Estrada do Colono), podendo ser dividida em 9 trechos, conforme listados a seguir:

Início do Trecho Final do Trecho Extensão Situação
Entroncamento PR-281 (Divisa Sul Parque do Iguaçu) Divisa Norte Parque Nacional do Iguaçu 17,6 km Fechado
Divisa Norte Parque Nacional do Iguaçu Entroncamento BR-277 (Medianeira) 20 km Pavimentado
Entroncamento BR-277 (Medianeira) Missal 27 km Pavimentado
Missal Entroncamento PR-488 (localidade Esquina Céu Azul) 25,35 km Pavimentado
Entroncamento PR-488 (localidade Esquina Céu Azul) Entroncamento PR-317 (A) (Santa Helena) 7 km Pavimentado
Entroncamento PR-317 (A) (Santa Helena) Entroncamento PR-317 (B) (localidade São Clemente) 17,65 km Pavimentado
Entroncamento PR-317 (B) (localidade São Clemente) Entre Rios do Oeste 9,1 km Pavimentado
Entre Rios do Oeste Pato Bragado 9,5 km Pavimentado
Pato Bragado Entroncamento BR-467 (Iguiporã, em Marechal Cândido Rondon) 8 km Pavimentado

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Fechamento da Estrada do Colono cumpre ordem do TRF da 4ª Região (em 13/06/2001)». Portal da Justiça Federal (em em português). Consultado em 8 de Fevereiro de 2008 
  2. «UNESCO retira Parque do Iguaçu da lista de Patrimônio Mundial em Perigo (em 12/12/2001)». UNESCO.org (em em inglês). Consultado em 8 de Fevereiro de 2008 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]