Paragonita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A paragonita é um mineral do grupo dos filossilicatos, subgrupo das micas. Com formulas estrutural NaAl2(Si3Al)O10(OH)2. Sua cristalografia e denominada em duas classes, a monoclínico (classe prismática) e domática (em parte hexagonal) . Seu hábito ocorre normalmente como escamas. Compactado ou maciço. Forma cristais tabulares paralelos a {001}[1].

http://bibdigital.epn.edu.ec/handle/15000/13939
Propriedades Físicas
Clivagem perfeita {001} (basal)
Tenacidade flexível, elástico
Cor verde, branco, cinza, rosa, amarelo claro, verde maçã, branco acinzentado
Dureza baixa 2,5-3,0
Densidade 2,85g/cm3
Diafaneidade transparente, translúcido
Traço Traço
Brilho nacarado, vítreo
Propriedades Óticas
Cor em lâmina incolor
Relevo moderado positivo (+), fraco positivo α= 1,564 – 1,580 β= 1,594 – 1,609 γ= 1,600 – 1,609
Carácter ótico biaxial
Sinal ótico negativo (-)

Formação[editar | editar código-fonte]

A paragonita e um mineral pouco comum, geralmente é encontrado em rochas metamórficas de baixo grau metamórfico como xisto e filitos, filões hidrotermais ou “greisen”, veios de quartzo e rochas contendo glaucofânio. Uns dos minerais com os quais a paragonita e associado e a cianita, estaurolita, muscovita, quartzo, glaucofânio, clorita, granada, turmalina, calcita, actinolita.

Referências

  1. Paragonita, Disponível em: <https://museuhe.com.br/mineral/paragonita-paragonite/> , acesso em 27 de abril de 2021.