Colina do Parlamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Parliament Hill)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Colina do Parlamento.

A Colina do Parlamento (em inglês: Parliament Hill; em francês: Colline du Parlement) é uma vasta área de Ottawa pertencente à Coroa canadense que abriga os edifícios do Parlamento do Canadá e outros prédios de grande significância cultural, como a Biblioteca do Parlamento.[1] Situa-se às margens do rio Ottawa e recebe milhões de turistas ao ano atraídos pela arquitetura gótica outros vários monumentos do conjunto.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Após a fundação de Ottawa (à época "Bytown"), em 26 de setembro de 1826, os idealizadores do Canal Rideau estabeleceram a base militar "Barrack Hill" onde hoje se encontra a Colina do Parlamento. Também foi planejada uma grande fortaleza que nunca chegou a sair do papel.[3]

Em 1858, a Rainha Vitória apontou "Bytown" como nova capital da Província do Canadá e "Barrack Hill", como já pertencia exclusivamente à Coroa britânica, tornou-se sede provisória do parlamento. No mesmo ano, foi organizado um concurso com 298 competidores para definir o melhor projeto para a construção do novo parlamento. Em Agosto de 1859, o governador-geral Edmund Walker Head anunciou publicamente os vencedores e seus projetos. A equipe liderada por Thomas Fuller e Chilion Jones ficaram responsáveis pelo Centre Block e a equipe de Thomas Stent e Augustus Laver ficaram com o East e West Block.[4]

A construção começou em 1859 com a pedra angular do Centre Block sendo fixada pelo Príncipe Alberto Eduardo em 1 de setembro.[5] Em 1866, as províncias britânicas formaram a Confederação do Canadá e escolheram os prédios ainda inacabados da Colina do Parlamento como sede do novo parlamento. O conjunto foi definitivamente concluído em 1876 e permaneceu sede do parlamento canadense.

Em 3 de fevereiro de 1916, um incêndio originado na Câmara dos Comuns se alastrou por todo o Centre Block e parte da Biblioteca do Parlamento, que teve parte de seu acervo perdido. Os parlamentares passaram a se reunir no Victoria Memorial Museum (atualmente Canadian Museum of Nature). Enquanto isso, teve início a reconstrução do Centre Block sob o projeto de John Pearson e Jean Omer Marchand. Ainda em 1916, apesar das tensões da Guerra Mundial, o governador-geral e príncipe Artur, Duque de Connaught recolocou a pedra angular no prédio consumido pelo fogo.[6] A nova Colina do Parlamento foi inaugurada em 1922. Logo após recebeu Jorge VI e a rainha Elizabeth em visita oficial ao Parlamento. Também foi sede das comemorações do Dia da Vitória na Europa, o primeiro hastear da Bandeira do Canadá e do Centenário do país.

Em 22 de outubro de 2014, tiroteios se sucederam na Colina, principalmente no edifício do Parlamento do Canadá, resultando na morte do atirador e de outra pessoa.[1]

Visão da Colina do Parlamento com o Centre Block anterior ao incêndio de 1916.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Zero Hora (22 de outubro de 2014). «Duas pessoas morrem em ataque ao parlamento canadense». Consultado em 2 de Novembro de 2014 
  2. Canadian Press (6 de maio de 2007). «Parliament Hill tourist facilities overwhelmed» 
  3. Bosc, Marc; O'Brien, Audrey (2009). «The Parliament Buildings and Grounds» 
  4. Public Works and Government Services Canada (26 de fevereiro de 2013). «Pre-construction, 1826-1858». Consultado em 12 de agosto de 2014. Arquivado do original em 22 de maio de 2013 
  5. City of Ottawa. «Ottawa becomes Canada's capital». Consultado em 12 de agosto de 2014. Arquivado do original em 27 de junho de 2013 
  6. Public Works and Government Services Canada (9 de janeiro de 2009). «Peace Tower». Consultado em 12 de agosto de 2014. Arquivado do original em 23 de abril de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]