Partido Comunista da Bélgica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Comunista da Bélgica
Kommunistische Partij van België
Parti Communiste de Belgique
Fundador Julien Lahaut
Fundação 1921
Dissolução 1989
Ideologia Comunismo
Marxismo-leninismo
Espectro político Esquerda
Publicação De Roode Vaan
Le Drapeau Rouge
Sucessor Partido Comunista
Partido Comunista
Afiliação internacional Comintern
Cominform
Cores Vermelho

O Partido Comunista da Bélgica (em holandês: Kommunistische Partij van België, KPB; em francês: Parti Communiste de Belgique, PCB) foi um partido político comunista da Bélgica.

O KPB/PCB foi fundado em setembro de 1921 num congresso realizado em Anderlecht, que unificou diversas facções provenientes do Partido Trabalhista da Bélgica, que apoiavam a Revolução de Outubro e estavam alinhados com o Comintern[1]. Na altura da sua fundação, os comunistas tinham cerca de 500 membros.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o partido cresceu exponencialmente, tendo, inclusivamente, criado um grupo armado para resistir à ocupação nazi da Bélgica, o Exército Armado dos Partisanos[2]. Após o fim da Guerra, os comunistas tiveram os seus melhores resultados eleitorais, chegando, inclusivamente, a participarem em governos de coligação com os socialistas e os liberais[3].

Na década de 1960, o Departamento de Estado dos Estados Unidos estimava que o KPB/PCB tivesse cerca de 10.000 membros[4].

Em 1985, os comunistas perderam a representação parlamentar que detinham[5] e, em 1989, o partido dividiu-se conforme as áreas linguísticas como os outros partidos belgas.

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status Notas
1925 6.º 34 149
1,6 / 100,0
2 / 187
Oposição
1929 6.º 43 237
1,9 / 100,0
Aumento0,3
1 / 187
Baixa1 Oposição
1932 5.º 65 694
2,8 / 100,0
Aumento0,9
3 / 187
Aumento2 Oposição
1936 6.º 143 223
6,1 / 100,0
Aumento3,3
9 / 202
Aumento6 Oposição
1939 5.º 90 856
4,7 / 100,0
Baixa1,4
9 / 202
Estável Oposição
1946 3.º 300 099
12,7 / 100,0
Aumento8,0
23 / 202
Aumento14 Governo
1949 4.º 376 765
7,5 / 100,0
Baixa5,2
12 / 212
Baixa11 Oposição
1950 4.º 234 541
4,8 / 100,0
Baixa2,7
7 / 212
Baixa5 Oposição
1954 4.º 184 108
3,6 / 100,0
Baixa1,2
4 / 212
Baixa3 Oposição
1958 5.º 100 145
1,9 / 100,0
Baixa1,7
2 / 212
Baixa2 Oposição
1961 5.º 162 238
3,1 / 100,0
Aumento1,2
5 / 212
Aumento3 Oposição
1965 5.º 247 311
4,8 / 100,0
Aumento1,7
6 / 212
Aumento1 Oposição
1968 5.º 236 283
3,3 / 100,0
Baixa1,5
5 / 212
Baixa1 Oposição
1971 12.º 91 726
1,7 / 100,0
Baixa0,3
5 / 212
Estável Oposição Valônia
14.º 67 487
1,3 / 100,0
Flandres
1974 9.º 107 481
2,0 / 100,0
Baixa1,0
2 / 212
Baixa3 Oposição
1977 14.º 62 410
1,8 / 100,0
Baixa0,2
2 / 212
Estável Oposição Flandres
16.º 37 104 Valônia
1978 9.º 180 234
3,3 / 100,0
Aumento1,5
4 / 212
Aumento2 Oposição
1981 12.º 138 978
2,3 / 100,0
Baixa1,0
2 / 212
Baixa2 Oposição
1985 12.º 71 695
1,2 / 100,0
Baixa1,1
0 / 212
Baixa2 Extra-parlamentar
1987 12.º 51 046
0,8 / 100,0
Baixa0,4
0 / 212
Estável Extra-parlamentar

Referências

  1. Gotovitch, José (12 de junho de 2014). «Histoire du Parti communiste de Belgique». Courrier hebdomadaire du CRISP (em francês) (1582): 1–36. ISSN 0008-9664 
  2. Gotovitch, José (12 de junho de 2014). «Histoire du Parti communiste de Belgique». Courrier hebdomadaire du CRISP (em francês) (1582): 1–36. ISSN 0008-9664 
  3. Gotovitch, José (12 de junho de 2014). «Histoire du Parti communiste de Belgique». Courrier hebdomadaire du CRISP (em francês) (1582): 1–36. ISSN 0008-9664 
  4. Benjamin, Roger W.; Kautsky, John H. (1968). «Communism and Economic Development». The American Political Science Review. 62 (1): 110–123. doi:10.2307/1953329 
  5. «DB élection - Resultats». www.ibzdgip.fgov.be. Consultado em 17 de setembro de 2017