Paul Bernardo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paul Bernado
Nome Paul Kenneth Bernardo
Data de Nascimento 27 de agosto de 1964 (52 anos)
Toronto, Ontario, Canadá
Nacionalidade Canadá Canadense
Crime (s) Homicídio, Agressão sexual
Pena Prisão perpétua com possibilidade de liberdade condicional após 25 anos.
Situação Preso

Paul Kenneth Bernardo (Toronto, 27 de agosto de 1964[1]) é um serial killer e estuprador canadense. Em 1993 cometeu aproximadamente 27 estupros e mais 3 em parceria com sua ex-esposa Karla Homolka.[1][2] Estes três com sua ex-esposa, foram seguidos de homicidio.

A maioria de suas vítimas eram mulheres jovens a quem ele perseguia depois de saírem de ônibus tarde da noite. Porém, o que mais chocou no caso foi que os ataques foram filmados,[1][3] o que posteriormente ajudou na solução do caso.

Bernardo foi preso em 1993, porém condenado apenas em 1995. Ele foi condenado por uma série de crimes, incluindo os dois assassinatos em primeiro grau e duas agressões sexuais graves contra as jovens Leslie Mahaffy e Kristen French,[1] as únicas vítimas confirmadas, na época. A sentença foi prisão perpétua[1] com possibilidade de liberdade condicional após 25 anos. Porém, posteriormente, Bernardo foi declarado como sendo um "delinquente perigoso", o que provavelmente constata que ele nunca será liberado.

Referências

  1. a b c d e Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome dudes
  2. «Casos de "serial killers" despertam curiosidade no Canadá». Folha. 6 de junho de 2005. Consultado em 20 de julho de 2010 
  3. «Festival de Montreal cria polêmica com filme sobre assassina». Gazeta do Povo. 27 de julho de 2005. Consultado em 20 de julho de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.