Paulinho Trompete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paulinho Trompete
Informação geral
Nome completo Paulo Roberto de Oliveira
Nascimento 30 de maio de 1950
Local de nascimento Rio de Janeiro-RJ
Morte 7 de agosto de 2019 (69 anos)
Local de morte Rio de Janeiro-RJ
Gênero(s) gospel, jazz, MPB
Instrumento(s) trompete
Gravadora(s) Lath Jazz/Sony Music, Visom
Afiliação(ões) Chico Buarque, Gilberto Gil, Cazuza Dizzy Gillespie, Ray Charles

Paulo Roberto de Oliveira (Rio de Janeiro, 30 de maio de 1950 - Rio de Janeiro, 7 de agosto de 2019), mais conhecido como Paulinho Trompete, foi um trompetista brasileiro, conhecido por ser o compositor de temas de vários especiais da TV Globo, como "Som Brasil", "Criança Esperança", "Gonzaguinha", Elis Regina" e "Fama", entre outros, além do tema de abertura do programa "Studio Jazz", da TVE.[1][2][3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Paulinho começou a tocar trompete ao ganhar o instrumento de sua mãe aos 8 anos de idade, e logo passou a tocar na igreja. Aos 13 anos, apresentou-se no Programa do Chacrinha, e, eleito o "Melhor Instrumentista Mirim", permaneceu durante um ano no trono.

Aos 16 anos, iniciou sua carreira profissional, a princípio atuando em bailes com várias bandas, como Ed Lincoln, Os Devaneiros, Laffayete, Som 7 e Cry Baby. Mais tarde, faria apresentações no exterior, com destaque para o Olympia de Paris e o Carnegie Hall de Nova York, ao lado de Edison Machado, Idriss Sulyvan e Tânia Maria. Tocou também com artistas internacionais, como Dexter Gordon, Dizzy Gillespie, Jimmy Smith, Ray Charles e Chet Baker.

Em 1990, lançou no mercado internacional, pelo selo Lath Jazz, da Sony Music, o LP "Um sopro de Brasil"

Participou do Free Jaz Festival, com a Banda Brasil All Stars, em 1995, e com sua própria banda, em 1996.

Em 2008, ao lado da Banda Sambop, grava seu terceiro álbum, "Tema Feliz", pelo selo Guanabara, em que homenageia Durval Ferreira. Este álbum ganhou 5 estrelas e destaque no Segundo Caderno do Jornal O Globo, além de o prêmio de melhor cd latino de 2009 pela revista JAZZIZ-EUA.[4]

Morte[editar | editar código-fonte]

Paulinho faleceu em 7 de agosto de 2019, depois de ficar um mês internado no Hospital Samaritano, do Rio de Janeiro, lutando contra um câncer no cérebro.[2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1990 - Um sopro de Brasil (LP - Selo "Lath Jazz/Sony Music")
  • 1996 - Um sopro de Brasil II (CD - Selo "Visom")
  • 2008 - Paulinho Trompete E Banda Sambop ‎– Tema Feliz (CD - Selo "Guanabara")

Referências

  1. Página do músico no Dicionário cravo Albim
  2. a b g1.globo.com/ Paulinho Trompete, músico que tocou com Chico Buarque e Gilberto Gil, morre aos 69 anos
  3. radios.ebc.com.br/ Paulinho Trompete aborda os 50 anos de carreira no Armazém Cultural
  4. espacodotrompete.com/ Paulinho trompete - Bio

Ligações externas[editar | editar código-fonte]