Paulo Breda Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Paulo Breda Filho, (1924-1991) brasileiro, presbítero, influente sorocabano e membro da Igreja Presbiteriana de Sorocaba (IPB) era formado em direito e filosofia. Estudou jornalismo e artes gráficas em Paris.[1] Foi o primeiro chanceler da Universidade Mackenzie (1976–1977 e 1991), bem como reitor da mesma (1977–1980). Era presbítero regente e foi presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil por dois mandatos (1978–1982 e 1982–1986), foi o primeiro Presbítero regente da Igreja Presbiteriana do Brasil a presidir o Supremo concílio da IPB (1978–1986).[2][3][4]

Referências

  1. «Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper». cpaj.mackenzie.br. Consultado em 30 de maio de 2018. 
  2. «Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper». cpaj.mackenzie.br. Consultado em 30 de maio de 2018. 
  3. Mackenzie, Comunicação acadêmica. «Galeria de Chanceleres». chancelaria.mackenzie.br. Consultado em 30 de maio de 2018. 
  4. Mackenzie, Comunicação - Marketing. «Galeria de Reitores». up.mackenzie.br. Consultado em 30 de maio de 2018. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Rev. Boanerges Ribeiro
Igreja Presbiteriana do Brasil.svg
Presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil
1978 - 1986
Sucedido por
Rev. Edésio de Oliveira Chequer
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.