George Whitehill Chamberlain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

George Whitehill Chamberlain (Waterford, Pensilvânia, 13 de agosto de 1839Salvador, 31 de julho de 1902) foi um missionário norte-americano, pioneiro na fundação da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formou-se no Seminário Teológico Union, em Nova York (1857-1859), trabalhando como professor.

Chamberlain mudou-se para o Brasil por recomendação médica, chegando ao Rio de Janeiro em 21 de julho de 1862. Trouxe uma carta de recomendação para o reverendo Alexander Blackford, que já trabalhava como missionário no Brasil. Esteve em São Paulo e no Rio Grande do Sul, visitando os campos missionários da Igreja Presbiteriana e trabalhando como professor de inglês.

Voltou ao Rio de Janeiro, em 23 de maio de 1864, para auxiliar o reverendo Ashbel Green Simonton no ministério junto à Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro.

Foi ordenado pastor pelo Presbitério Rio de Janeiro, em 8 de julho de 1866.

Em 1870, iniciou, junto com sua esposa Mary Chamberlain, as aulas da Escola Americana, o embrião daquilo que viria a se tornar a Universidade Mackenzie.

Faleceu vítima de câncer.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre pastores, reverendos ou missionários cristãos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.