Pedro Afonso Franco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pedro Afonso Franco
Nascimento 1845
Rio de Janeiro
Morte 1920
Rio de Janeiro
Ocupação médico

Pedro Afonso Franco,[1] primeiro e único barão de Pedro Afonso,[2] (Rio de Janeiro, 1845 — Rio de Janeiro, 1920) foi um médico e professor brasileiro.

Filho de Pedro Afonso de Carvalho e Luísa Helena de Carvalho, casou-se em segundas núpcias com Margarida de Matos Franco. Formado pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, estudou também na Universidade de Paris. Foi fundador e diretor do Instituto Vacínico Municipal do Rio, que depois fundiu-se com a Fundação Oswaldo Cruz, em 1922.

Foi diretor geral de Saúde Pública e, em 1887, enquanto diretor da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, conseguiu produzir pela primeira vez no Brasil, a vacina contra a varíola, em vitelos em laboratório.

Agraciado barão, era também oficial da Imperial Ordem da Rosa.

O barão de Pedro Afonso vem a ser avô de Henrique Dodsworth, que foi interventor no antigo Distrito Federal (a cidade do Rio de Janeiro) de 1937 a 1945, além de deputado de 1933 a 1935.

Referências

  1. Pela grafia original, Pedro Affonso Franco.
  2. Pela grafia original, barão de Pedro Affonso.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.