Pelourinho de Atouguia da Baleia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.

O Pelourinho de Atouguia da Baleia localiza-se na vila e freguesia de mesmo nome, concelho de Peniche, distrito de Leiria, sub-região do Oeste, em Portugal. Está classificado como imóvel de interesse público desde 1933[1].

É um pelourinho de estilo manuelino, com base de quatro degraus, actualmente apenas são visíveis três; coluna; capitel facetado, decorado pelas armas heráldicas dos Condes de Atouguia, das quais apenas resta a memória de terem sido picadas após o processo dos Távora, e pinha decorada.

A extinção do concelho de Atouguia da Baleia, em 1836, que transportou para Peniche a sede administrativa da região, deixou para trás este marco histórico fundamental, herança de um passado de autonomia e pujança económica, social e política.

Este pelourinho situa-se no seu local original, rodeado pela Igreja Matriz de São Leonardo, pela actual sede da Junta de Freguesia, antiga Casa da Câmara, e pelo que resta do castelo de Atouguia da Baleia[2].

Referências

  1. Cf. Decreto-Lei n.º 23122, de 11 de outubro de 1933.
  2. Cf. IGESPAR, Pelourinho de Atouguia da Baleia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]