Penso (Melgaço)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Portugal Penso 
  Freguesia  
Igreja de Penso
Igreja de Penso
Localização no concelho de Melgaço
Localização no concelho de Melgaço
Penso está localizado em: Portugal Continental
Penso
Localização de Penso em Portugal
Coordenadas 42° 04' 56" N 8° 19' 21" O
País Portugal Portugal
Concelho MLG.png Melgaço
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Edgar Fernando Barreiros Rodrigues (PS)
Área
- Total 9,02 km²
População (2011)
 - Total 523
    • Densidade 58 hab./km²
Orago São Tiago

Penso é uma freguesia portuguesa do concelho de Melgaço, com 9,02 km² de área e 523 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é 58 h/km². Crê-se que o seu topónimo provenha das medidas usadas para avaliar o peso das mercadorias que entravam ou saíam do concelho, sendo historicamente comprovado que no seu lugar, ao longo dos séculos, eram realizados os pagamentos das antigas portagens.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Penso [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
980 1 069 1 050 1 146 1 078 1 092 1 060 948 890 829 715 645 589 563 523
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 50 68 267 178 8,9% 12,1% 47,4% 31,6%
2011 47 32 243 201 9,0% 6,1% 46,5% 38,4%

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizada nas portas de entrada do concelho, a freguesia de Penso dista oito quilómetros do centro, denominado pela freguesia da Vila. Confronta com o rio Minho e Espanha, na sua outra margem, a norte, Alvaredo e Paderne, a nascente, Couto e Badim, pertencentes ao concelho de Monção, a sul, e e Valadares, ambas também de Monção, a poente.

É composta pelos seguintes lugares principais: São Bartolomeu, Lajes, Crasto, Pomar, Mós, Telhada Pequena e Telhada Grande, Bairro Pequeno e Bairro Grande, Paranhão, Paradela, Felgueiras e Ranhol.

História[editar | editar código-fonte]

Pertenceu ao antigo concelho de Valadares, até à sua extinção, em 24 de Outubro de 1855. Desde então passou a fazer parte da comarca de Melgaço.

Património e Pontos de Interesse[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 3 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.