Pequena Taça do Mundo de 1955

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pequena Taça do Mundo de 1955
Dados
Participantes 4
Anfitrião Venezuela
Período 17 de julho de 19554 de agosto de 1955
Gol(o)s 40
Média gol(o)s por partida
Campeão Brasil São Paulo
Vice-campeão Espanha Valência

A Pequena Taça do Mundo de 1955, a quarta edição do torneio a ser realizada, foi disputada entre os meses de julho e agosto de 1955, na Venezuela, e teve novamente um clube brasileiro como campeão, o São Paulo, repetindo o feito de seu rival, o Corinthians, que havia vencido a edição anterior. A edição de 12 de junho de 1955 do jornal espanhol El Mundo Deportivo informa que os participantes da competição naquele ano poderiam ser o Milan, o Real Madrid, o São Paulo e o Benfica.[1] Na lista final de participantes, o Valencia (Espanha) e o La Salle (Venezuela) acabaram substituindo Milan e Real Madrid.[2] A participação do São Paulo no certame venezuelano ocorreu em uma excursão internacional do clube que também incluiu jogos em México e Colômbia[3], e que valeu ao clube tricolor não só a Pequena Taça do Mundo mas também outro título amistoso internacional: o Troféu Jarrito, conquistado no México.[4][5] A participação do Benfica no certame venezuelano ocorreu em uma excursão internacional do clube português que também incluiu sua participação no Torneio Internacional Charles Miller, que teve o Corinthians como campeão.[6] O jornal O Estado de S. Paulo de 02 de julho de 1955 publicou que o Vasco solicitou ao CBD liberação para disputar o certame,[7] sendo que em 07 de julho de 1955 o mesmo jornal publicou que não estava decidido que clube brasileiro disputaria a competição[8], em 10 de julho de 1955 publicou que o Vasco da Gama iria negociar sua participação com os organizadores do certame, em 12 de julho de 1955 publicou a tabela da competição com o São Paulo como representante brasileiro[9] , sendo que a competição começou em 17 de julho de 1955.

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Os 4 participantes jogaram em grupo único, todos contra todos, em turno e returno. O time que marcou mais pontos ao final do campeonato é declarado campeão.

Tabela[10][editar | editar código-fonte]

17 de julho de 1955 Valência Espanha 4 – 3 Portugal Benfica Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Benito Jackson Venezuela

Fuertes Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4' Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Pasieguito (p) Gol marcado
Wilkes Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53'
Coluna Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21'
Zezinho Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Aguas Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'

18 de julho de 1955 São Paulo Brasil 4 – 3 Venezuela La Salle Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Benito Jackson Venezuela

Fuertes Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4' Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Pasieguito Gol marcado
Wilkes Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53'
Coluna Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21'
Zezinho Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Aguas Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'

19 de julho de 1955 La Salle Venezuela 1 – 1 Espanha Valência Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Padín Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30' Fuertes Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'

21 de julho de 1955 Benfica Portugal 0 – 0 Brasil São Paulo Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:


23 de julho de 1955 La Salle Venezuela 1 – 4 Portugal Benfica Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Padín Gol marcado Risueño Gol marcado
Salvador Gol marcado
Calado Gol marcado
Chano Gol marcado

24 de julho de 1955 São Paulo Brasil 2 – 0 Espanha Valência Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:


26 de julho de 1955 Benfica Portugal 2 – 4 Brasil São Paulo Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Osorio

Aua Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63'
Antonio(?) Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Gino Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25' Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Mauri Gol marcado
Teixeira Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'

28 de julho de 1955 Valência Espanha 4 – 0 Venezuela La Salle Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Vila Gol marcado aos 2 minutos de jogo 2' Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10'
Seguí Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80' Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'

30 de julho de 1955 São Paulo Brasil 3 – 1 Venezuela La Salle Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Bauer Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40'
Dino Gol marcado aos 57 minutos de jogo 57' Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62'
? Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'

31 de julho de 1955 Benfica Portugal 2 – 1 Espanha Valência Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Aguas Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12' Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' Wilkes Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'

2 de agosto de 1955 Benfica Portugal 0 – 0 Venezuela La Salle Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:


4 de agosto de 1955 Valência Espanha 1 – 1 Brasil São Paulo Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Benito Jackson Venezuela

? Gol marcado aos ? minutos de jogo ?' Gino Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20'
Time Pts J V E D GP GC SG
Brasil São Paulo 10 6 4 2 0 11 8 3
Espanha Valência 6 6 2 2 2 11 9 2
Portugal Benfica 6 6 2 2 2 11 10 1
Venezuela La Salle 4 6 1 2 3 7 13 -4

Campeão[editar | editar código-fonte]

Pequena Taça do Mundo de 1955
Flag of Brazil.svg
SÃO PAULO
Campeão
(1º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.