Pequena Taça do Mundo de 1956

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pequena Taça do Mundo de 1956
Dados
Participantes 4
Anfitrião Venezuela
Período 30 de junho de 195619 de julho de 1956
Gol(o)s 37
Média gol(o)s por partida
Campeão Espanha Real Madrid
Vice-campeão Brasil Vasco da Gama

A Pequena Taça do Mundo de 1956, a quinta edição do torneio a ser realizada, foi disputada entre os meses de junho e julho de 1956, na Venezuela, e teve novamente como campeão a equipe espanhola do Real Madrid, que repetiu o feito de quatro anos atrás, quando faturou a primeira edição do torneio.

O campeão da edição de 1956 do torneio foi o Real Madrid, não o Vasco da Gama.[1][2] Algumas fontes brasileiras indicam, incorretamente, que o campeão teria sido o Vasco da Gama, cometendo esse erro em função de um amistoso disputado em Caracas pelos dois clubes, logo após o fim da Pequena Taça do Mundo de 1956, e vencido pelo Vasco por 2 x 0.[3][4] Porém, tal jogo foi um amistoso extra, não um jogo válido pela competição.

Em entrevista ao jornal espanhol El Mundo Deportivo, o empresário espanhol patrono da competição, Damián Gaubeka, revelou que naquele ano (1956) a competição contaria com Atlético de Bilbao, Porto, uma equipe milanesa (Milan ou Internazionale) e uma seleção venezuelana reforçada por jogadores brasileiros como Ademir, Chico, Danilo e Maneca. Porém, acabaram participando daquela edição Vasco da Gama, Real Madrid, Porto e Roma.[5]

Primeira edição da Pequena Taça do Mundo realizada após a final da edição inaugural da Copa dos Campeões da Europa, contou com o campeão europeu Real Madrid (que se sagraria campeão também do torneio venezuelano), tendo sido a única edição da Pequena Taça do Mundo que contou com o campeão europeu. Porém, a participação do Real Madrid na competição venezuelana de 1956 não teve relação com seu título europeu do mesmo ano: o Real Madrid havia acordado sua participação no torneio venezuelano já antes de tornar-se campeão europeu de 1956.[6][7]

Em toda a sua série original (1952-1957), esta foi a única edição da competição que contou com 3 equipes européias e apenas uma brasileira.

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Os 4 participantes jogaram em grupo único, todos contra todos, em turno e returno. O time que marcou mais pontos ao final do campeonato é declarado campeão.

Tabela[8][editar | editar código-fonte]

30 de junho de 1956 Porto Portugal 1 – 1 Itália Roma Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Teixeira Gol marcado Nyers (p)Gol marcado

1 de julho de 1956 Vasco da Gama Brasil 2 – 5 Espanha Real Madrid Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Lires Löpez Argentina

Laerte Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13'
Vavá Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40'
Joseito Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Marsal Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Rial Gol marcado aos 37 minutos de jogo 37'
Di Stéfano Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50' Gol marcado aos 57 minutos de jogo 57'

3 de julho de 1956 Vasco da Gama Brasil 3 – 0 Portugal Porto Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Sabara Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3'
Vavá Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65'

4 de julho de 1956 Real Madrid Espanha 1 – 2 Itália Roma Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Lires López Argentina

Di Stéfano Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34' Lojodice Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10' Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20'

7 de julho de 1956 Vasco da Gama Brasil 3 – 1 Itália Roma Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Vavá Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Sabara Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65'
Pinga Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Costa Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'

8 de julho de 1956 Real Madrid Espanha 2 – 1 Portugal Porto Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Lires López Argentina

Rial Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34'
Joseito Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Gaburu Gol marcado aos 27 minutos de jogo 27'

10 de julho de 1956 Vasco da Gama Brasil 0 – 1 Portugal Porto Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:

Monteiro Gol marcado aos 42 minutos de jogo 42'

12 de julho de 1956 Roma Itália 1 – 2 Espanha Real Madrid Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Benito Jackson Venezuela

Giulinao Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10' Rial Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20'
Di Stéfano Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38'

14 de julho de 1956 Vasco da Gama Brasil 2 – 1 Itália Roma Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro:


15 de junho de 1956 Porto Portugal 1 – 2 Espanha Real Madrid Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Lires López Argentina

Hernani Gol marcado aos 36 minutos de jogo 36' Rial Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10'
Marsal Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'

17 de julho de 1956 Roma Itália 0 – 1 Portugal Porto Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Di leo Itália

Gaburu Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49'

19 de julho de 1956 Vasco da Gama Brasil 2 – 2 Espanha Real Madrid Estádio Olímpico de Caracas
Público:
Árbitro: Benito Jackson Venezuela

Djair Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56'
Astolfo Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Joseito Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76'
Rial Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61' Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Time Pts J V E D GP GC SG
Espanha Real Madrid 9 6 4 1 1 14 9 5
Brasil Vasco da Gama 7 6 3 1 2 12 10 2
Portugal Porto 5 6 2 1 3 5 8 -3
Itália Roma 3 6 1 1 4 6 10 -4

Campeão[editar | editar código-fonte]

Pequena Taça do Mundo de 1956
Flag of Spain.svg
REAL MADRID
Campeão
(2º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.