Philippe de Broca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Philippe de Broca
Nome completo Philippe Claude Alex de Broca de Ferrussac
Nascimento 15 de março de 1933
Paris,  França
Morte 26 de novembro de 2004 (71 anos)
Neuilly-sur-Seine, França
Ocupação Cineasta
Festival de Berlim
Grand Prix do Júri
1951

Philippe de Broca (Paris, 15 de março de 1933Neuilly-sur-Seine, 26 de novembro de 2004) foi um cineasta francês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido Philippe Claude Alex de Broca de Ferrussac, ele estudou na École technique de photographie et de cinématographie (ETPC). Iniciou sua carreira como assistente de Claude Chabrol e François Truffaut e fazendo documentários na Africa, antes de começar sua carreira própria.

De Broca era um especialista no cinema de aventura, comédia popular e filmes de época. Dizia que "gostava, principalmente, de fazer rir" e admitia "ver a vida apenas sob seu aspecto cômico".

Filmou com os grandes atores franceses, tais como Jean-Paul Belmondo, Yves Montand, Jean-Pierre Cassel, Philippe Noiret, Catherine Deneuve e Daniel Auteuil.

Philippe de Broca era casado com Michelle de Broca, com quem fundou a produtora Fildebroc. Ele tem duas filhas, Chloé e Jade, com Michelle; e um filho Alexandre, com Marthe Keller.

Por mais de 30 anos, ele viveu na vila de Vert, no departamento de Yvelines, a oeste de Paris, onde gostava muito de cuidar de seu jardim. Ele sentiu uma forte ligação com a Bretanha desde a infância, tendo seu avô pintor vivido lá, além de gostar do barco. Ele escolheu ser enterrado no cemitério de Sauzon, em Belle-Ile. Faleceu vítima de câncer.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Philippe de Broca (em inglês) no IMDb

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.