Phonak Hearing Systems

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Phonak Hearing Systems
Phonak-TDF-Paris-2006.JPG

A equipa Phonak em Paris na etapa final do Tour de France de 2006

Informações
Estatuto
UCI Trade Team II (d) (-)
UCI Trade Team I (d) (-)
UCI ProTeam (d) (-)
Código UCI
PHO (de a )
Disciplina
País
Fundação
Extinção
Temporadas
7Visualizar e editar dados no Wikidata
Designação anterior
-
Phonak Hearing Systems
Equipamento
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
equipamento
Aurélien Clerc com o maillot da equipa
A equipa Phonak

A Phonak Hearing Systems (conhecido simplesmente como Phonak) foi uma equipa ciclista profissional da Suíça. Participou no UCI ProTour e tomou parte também em algumas carreiras dos Circuitos Continentais. O seu patrocinador principal era a empresa Phonak Hearing Systems. Pelass suas fileiras passaram ciclistas como Óscar Pereiro, Tyler Hamilton, Floyd Landis, Santi Pérez, Santiago Botero ou Víctor Hugo Peña.

A equipa tinha como director ao espanhol Álvaro Pino.

História[editar | editar código-fonte]

A equipa fundou-se em 2000. Phonak foi recusada para participar no UCI ProTour baixo a decisão da UCI, mas o tribunal arbitral de desporto ordenou que a equipa suíça participasse.

Escândalos de dopagem[editar | editar código-fonte]

A equipa sofreu numerosos escândalos de dopagem, que à posteriori ocasionaram o abandono do patrocinador principal e o desaparecimento da equipa. Em 2004, Tyler Hamilton (chefe de fileiras no Tour de France) deu positivo por transfusão sanguínea e Santi Pérez (quem tinha tido uma destacada actuação na Volta a Espanha) deu também positivo. Estes casos de dopagem puseram em risco a continuidade do patrocinador principal, que não obstante decidiu seguir. No entanto, o positivo por testosterona exógena de Floyd Landis no Tour de France de 2006 (depois de ter subido ao pódio final nos Campos Elíseos de Paris como ganhador da geral) originou o desaparecimento da equipa.

Corredor melhor classificado nas Grandes Voltas[editar | editar código-fonte]

Ano Giro d'Italia Jersey pink.svg Tour de France Jersey yellow.svg Volta a Espanha Jersey red.svg
2000 - - -
2001 - - -
2002 11.º

Espanha Óscar Pereiro

- 30.º

Espanha Óscar Pereiro

2003 - - 17.º

Espanha Óscar Pereiro

2004 9.º

Eslovénia Tadej Valjavec

10.º

Espanha Óscar Pereiro

2.º

Espanha Santi Pérez

2005 15.º

Eslovénia Tadej Valjavec

9.º

Estados Unidos Floyd Landis

25.º

Espanha Óscar Pereiro

2006 2.º

Espanha José Enrique Gutiérrez

29.º

Bélgica Axel Merckx

73.º

Suíça Florian Stalder

Palmarés destacado[editar | editar código-fonte]

Grandes Voltas[editar | editar código-fonte]

Outras carreiras[editar | editar código-fonte]

Principais corredores[editar | editar código-fonte]

Para anos anteriores, veja-se Elencos da Phonak Hearing Systems

Classificações UCI[editar | editar código-fonte]

Ano Pos. Melhor ciclista individual
2000 19.º (GSII) Áustria Matthias Buxhofer (250.º)
2001 16.º (GSII) Alemanha Bert Grabsch (199.º)
2002 20.º Suíça Oscar Camenzind (51.º)
2003 17.º Espanha Óscar Pereiro (63.º)
2004 8.º Estados Unidos Tyler Hamilton (21.º)

Em 2005, com o aparecimento do UCI ProTour, foi incluída entre as vinte equipas que faziam parte do circuito. A tabela mostra a posição final da equipa no circuito, bem como a posição de seu melhor corredor individual.[1]

Ano Pos. Melhor ciclista individual
2005 2.º Colômbia Santiago Botero (19.º)
2006 7.º Espanha José Enrique Gutiérrez (35.º)

Notas[editar | editar código-fonte]