Pierre Dupuy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Petrus Puteanus
(1582-1651)
Nascimento 14 de novembro de 1582
Agen,  França
Morte 15 de novembro de 1651
Paris,  França
Nacionalidade  França
Ocupação Jurista, erudito e bibliotecário real francês.

Pierre Dupuy (Agen, 14 de Novembro de 1582Paris, 15 de Novembro de 1651) foi jurista, erudito e bibliotecário real francês. Era filho do humanista e bibliófilo Claude Dupuy. Mathieu Molé (1584-1656)[1], primeiro presidente do Parlamento de Paris, para fazer um levantamento sobre os documentos que constituíam até aquela época o que eles chamavam de Trésor des chartes[2]. Este trabalhou levou onze anos para ser realizado. Este inventário dos manuscritos está preservado no original e em cópia na Biblioteca Nacional da França, sendo que existem transcrições nos arquivos nacionais de Paris, no salão de registros de Londres, e em outras partes do mundo.

A classificação feita por Dupuy é ainda vista com respeito, porém, o inventário foi parcialmente substituído pela publicação do Inventário do Tesouro[3] em 1863. Dupuy também publicou, junto com seu irmão Jacques e o amigo Nicolas Rigault (1577–1654) [4] a História de Jacques Auguste de Thou[5] (1620). Os dois irmãos, então, adquiriram de Rigault o posto de guardiães da biblioteca real, criando, a seguir, o catálogo da biblioteca. Durante o trabalho de criação do catálogo, Dupuy fez o registro do gigante acervo de documentos não publicados, que lhe forneceram material para muitas obras de excelente qualidade. Estas obras se tornaram importantes contribuições para a história das relações entre a igreja e o Estado na Idade Média. Foram escritas do ponto de vista gálico, isto é, em favor dos direitos da coroa em questões temporais e políticas, e isto explica a demora da publicação posterior à morte de Dupuy.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Traités des droits et libertés de l'Église gallicane, avec les preuves, 1639.
  • Miscellae defensiones pro Cl. Salmasio, de variis observationibus ... - Claudius Salmasius, Petrus Puteanus, Jacobus Puteanus - 1645
  • Histoire générale du schisme qui a été dans l'Église depuis 1378 jusqu'à 1428, 1654.
  • Histoire de l'ordre militaire des Templiers, 1654.
  • Histoire des plus illustres favoris anciens et modernes, 1654.
  • Quelques procès criminels, 1654.
  • Traité de la majorité de nos rois et des régences du royaume, 1655.
  • Histoire du différend entre le page Boniface VIII et le roi Philippe le Bel, 1655.
  • Traité des régences et des majorités des rois de France, 1655.
  • Recueil des droits du roi, 1658.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.