Poison Idea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Poison Idea
Informação geral
Origem Portland, Oregon
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hardcore punk
Período em atividade 1980 - 1993
Intermitentemente desde 1998
Gravadora(s) American Leather
Taang!
Página oficial facebook

Poison Idea é uma banda de hardcore punk formada em 1980 em Portland, Oregon nos Estados Unidos, inspirados no Black Flag e outras bandas de hardcore do sul californiano e mais adiante sendo influênciados pelo Discharge e pela banda de Los Angeles, The Germs.

História[editar | editar código-fonte]

Os pesos-pesados do hardcore punk[editar | editar código-fonte]

A banda foi formada em 1980 pelo vocalista Jerry A. (Jerry Lang). A primeira formação consistia em Jerry A., Tom "Pig Champion" Roberts (guitarra), Glen Estes (baixo) e Dean Johnson (bateria). A influência vocal, lírica e filosófica que o cantor do The Germs, Darby Crash, exerceu sobre o vocalista Jerry A. fez com que o Poison Idea seguisse filosóficamente a ética punk extremista do The Germs.

O primeiro álbum da banda, um EP intitulado Pick Your King lançado em 1983 é conhecido por ter dois ícones na capa (Elvis Presley) e na contracapa (Jesus). O som deste é um hardcore curto e furioso, com letras cheias de humor corrosivo e caóticas.

Em 1984, a banda substitui Glen Estes por Chris Tense e lança Record Collectors Are Pretentious Assholes, outro álbum clássico (a capa do álbum é a volumosa coleção de discos do guitarrista Pig Champion). No álbum, a banda incorpora elementos de rock no som da banda, o que mais tarde seria encontrado em duas coletâneas lançadas em 1985, com a música "Laughing Boy" no EP Drinking is Great e as faixas "Typical" e "Die on Your Knees" na lendária coletânea Cleanse the Bacteria, lançada apenas em vinil.

Reis do punk[editar | editar código-fonte]

Com o lançamento do álbum Kings of Punk em 1986, a banda foi além do hardcore que a banda praticava no início, fazendo um som mais sofisticado, até com alguns toques de hard rock (embora sem perder a fúria do som). É considerado um dos melhores álbuns da banda, sendo venerado e considerado um dos melhores momentos do hardcore dos anos 80.

Após o lançamento de Kings of Punk, a banda passou por várias mudanças de integrantes (mais na parte rítmica) e acaba incluindo um segundo guitarrista para lançar o álbum War All the Time (nome original de um livro de Charles Bukowski) em 1987. Este álbum e os EP que o seguiram (Getting the Fear 12" e Filthkick 7"), segue a banda aprimorando o som rock/hardcore que iniciou-se no álbum Kings of Punk, que chegaria a perfeição em Feel the Darkness.

Entre todo este tempo, após inúmeras trocas de formação, a banda reúne-se com uma das suas formações mais estáveis, que seria Jerry A., Tom "Pig Champion" Roberts, Charley "Myrtle Tickner" Nims (baixo) e Steve "Thee Slayer Hippy" Hanford (bateria), e Kid Cocksman e então depois Aldine Strichnine na segunda guitarra. Nesta época, seus lendários hábitos alcoólicos e problemas com drogas começaram a afetar a banda: a banda acabou engordando 100 quilos coletivamente, o que fez com que o guitarrista Pig Champion acabasse tocando sentado em uma cadeira, devido a sua extrema obesidade. Em 1989, eles acabam montando seu próprio selo batizado de American Leather (tirado de uma música do Germs), relançando a primeira demo da banda, Darby Crash Rides Again e o single Discotent.

Sentindo o reconhecimento e a escuridão[editar | editar código-fonte]

Em 1990, a banda lança o álbum Feel the Darkness. O álbum foi fortemente elogiado pela mídia na época, o que gerou algumas críticas negativas dos fãs antigos. Musicalmente a banda nunca esteve tão madura, com um instrumental apurado e com letras inteligentes e sacadas. Foi um álbum que abriu espaço para a banda em outras vertentes musicais.

Após o Feel the Darkness, Aldine Strychnine foi expulso da banda, com isso Mondo acaba retornando a banda para terminar a turnê de 1991. A banda retorna com Blank Blackout Vacant em 1992 e antes de separar-se em 1993, lançam We Must Burn.

Quando o guitarrista Pig Champion deixou a banda em 1993, a banda resolve acabar de vez. O vocalista Jerry A. monta um projeto solo chamado Gift, com sua esposa e o baterista Thee Slayer Hippy.

Em 1998 a banda se reúne com a formação original para gravar um EP pela gravadora Taang! Records (que também relançou boa parte do material da banda), mas acabou separando-se antes da turnê.

Jerry A. reformou a banda no final de 1999 com Pig Champion e Matt Brainard (do Defiance) nas guitarras, Chris Carey no baixo e Chris Cuthbert na bateria, e fizeram uma turnê pela costa leste incluindo uma apresentação no CBGB's. Eles também excursionaram pela Europa por duas vezes, além de uma excursão no Japão, com a lendária banda punk japonesa Forward. Pig Champion não agüentou o esforço físico e mental de estar na estrada e foi substituído por Andy (Joe Spleen) do The Gits para as turnês na Europa. Matt Brainard teve problemas de tempo para tocar no Poison Idea e na sua outra banda, o Defiance, e foi substituído na época por Jimmy Taylor na guitarra. A banda tocou como um quarteto no Japão, com Jimmy Taylor como único guitarrista. De volta a Portland, a nova formação (Jerry A, Pig Champion, Jimmy Taylor, Chris Carey e Chris Cuthbert) começou a trabalhar em novo material que mais tarde se tornou Latest Will and Testament, gravado em 2005.

Em 31 de janeiro de 2006, o guitarrista Pig Champion faleceu em sua casa de causas indeterminadas, no entanto ele estava sofrendo de uma forte gripe e de uma não tratada infecção nos rins. A banda estava gravando um novo material e estava pronto para lançá-lo quando ele morreu. Curiosamente, Pig queria que o álbum se chamasse Latest Will and Testament, um nome que todos da banda aprovaram. Após a morte de Pig, Jerry comentou que o guitarrista provavelmente sabia de algo (relacionado a sua morte) que o resto da banda não sabia. O álbum foi lançado em maio de 2006 pelo selo Farewell Records.

Em 2007, a banda novamente reformulada faz turnês para divulgar um split 7" single com o Kill Your Idols (lançado pela TKO Records). A formação dessa turnê era Jerry A., Chris Cuthbert na bateria, Jimmy Taylor e Matt Brainard nas guitarras e Rob Hume no baixo.

Em 6 de outubro de 2008, a polícia de Portland prendeu Steve "Thee Slayer Hippy" Hanford, acusado de ter ligação com uma série de roubos a farmácia no fim do verão.

O Poison Idea nunca foi uma banda mainstream de sucesso, mas é lendário no underground hardcore, ganhando hoje em dia estatuto de cult devido a sua carreira. Eles foram homenageados no álbum-tributo Hangover HeartAttack por bandas como Turbonegro, Ratos de Porão, Mata-Ratos, Pantera, Machine Head e Nirvana.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1986 Kings of Punk LP (Pusmort)
  • 1987 War All the Time LP (Alchemy)
  • 1990 Feel the Darkness LP (American Leather)
  • 1992 Blank Blackout Vacant LP (Taang!)
  • 1993 We Must Burn LP (Tim Kerr, 1993)
  • 2006 Latest Will and Testament CD/LP (Farewell)
  • 2015 Confuse & Conquer CD/LP

Coletâneas e Relançamentos[editar | editar código-fonte]

  • 1989 Darby Crash Rides Again EP (American Leather)
  • 1989 Fuck Ian MacKaye 12" (American Leather, 1989) Contém Filthkick e Getting the Fear.

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • 1983 Grievous Musical Harm tape (Xcentric Noise) "M.I.A.", "All Right", "Young Lord"
  • 1985 Drinking Is Great EP (Fatal Erection) "Laughing Boy"
  • 1985 Cleanse the Bacteria LP (Pusmort) "Typical", "Die On Your Knees" (mais "I Gotta Right" em vinil apenas)
  • 1991 Punk’s Not Dread LP (Sink Below) "New Rose" (cover do The Damned)
  • 1993 Eight Songs for Greg Sage and The Wipers LP (Tim/Kerr Records) "Up Front"
  • 1996 "Punk O' Rama" volume 2 LP (Epitaph Records) "Just to Get Away"
  • 1999 Short Music For Short People LP (Fat Wreck Chords) "Humanity"
  • 2003 Another Round of Golf vol 5 CD (Golf) "Say Goodbye" & "Religion & Politics Part I"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Música punk é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.