Polygonum equisetiforme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPolygonum equisetiforme
Polygonum equisetiforme - Urganotu.JPG
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Polygonales
Família: Polygonaceae
Género: Polygonum
Espécie: P. equisetiforme
Nome binomial
Polygonum equisetiforme
Sm.

Polygonum equisetiforme é uma espécie de planta com flor pertencente à família Polygonaceae.

A autoridade científica da espécie é Sm., tendo sido publicada em Fl. Graec. Prodr. 1: 266 (1809).


Descrição[editar | editar código-fonte]

A seguir apresenta-se a descrição dada por António Xavier Pereira Coutinho na sua obra Flora de Portugal (Plantas Vasculares): Disposta em Chaves Dicotómicas (1.ª ed. Lisboa: Aillaud, 1913):[1]

Ramos foríferos áfilos ou subáfilos; óchreas muito mais curtas que os entre-nós; aquénios quase lisos. Planta de 4-10 dm., erecta ou ascendente ou prostrada, com os caules por fim quase despidos de folhas; folhas lanceoladas ou lanceolado-lineares. Planta lenhosa. Julho a Novembro. Terras cultivadas, sebes, caminhos, areias marítimas: principalmente no Centro e no Sul.

Portugal[editar | editar código-fonte]

Trata-se de uma espécie presente no território português, nomeadamente em Portugal Continental e no Arquipélago dos Açores.

Em termos de naturalidade é nativa de Portugal Continental e introduzida no Arquipélago dos Açores.

Protecção[editar | editar código-fonte]

Não se encontra protegida por legislação portuguesa ou da Comunidade Europeia.

Referências

  1. Flora de Portugal (Plantas Vasculares): Disposta em Chaves Dicotómicas (1.ª ed. Lisboa: Aillaud, 1913)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.