Ponte de Igapó

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Costa e Silva, veja Costa e Silva (desambiguação).
Ponte de Igapó
Foto da Ponte de Igapó em 2010.
Nome oficial Ponte do Potengi Presidente Costa e Silva
Arquitetura e construção
Design Ponte pênsil simples
Mantida por Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)
Data de abertura 1ª Ponte: 20 de abril de 1916 (102 anos)
2ª Ponte: 1970 (47–48 anos)
Tráfego 38 mil veículos/dia
Pedágio Não
Geografia
Via 4 pistas, sendo duas no sentido Norte/Oeste e duas no sentido Oeste/Norte
Cruza Rio Potenji
Localização Natal  Rio Grande do Norte

A Ponte do Potengi Presidente Costa e Silva[1] (mais conhecida como Ponte de Igapó[nota 1]) é uma ponte pênsil simples sustentada por vãos de ferro e concreto armado, localizada na cidade de Natal, capital do estado brasileiro Rio Grande do Norte. A finalidade da ponte é ligar a Zona Norte de Natal ao restante da cidade, passando pelo Rio Potenji que corta a cidade.

Foram construídas duas pontes; a primeira foi construída em 1913, concluída em 1915 e inaugurada em 20 de abril de 1916 e era totalmente de ferro e só possuía duas vias em sentidos opostos, mais a linha ferrea. Sua função era a de permitir a passagem dos trens da Estrada de Ferro Central, facilitando o transporte entre a Capital e o interior do Rio Grande do Norte, que até então só era possível transpondo-se o Rio Potenji por meio de embarcações. Construída durante o governo do Des. Ferreira Chaves, possuía uma extensão que totalizava 550 metros, com nove vãos de 50 metros e um de 70. Devido ao crescimento urbano da Zona Norte e o alto tráfego de fluxo de carros indo para aquela zona, a estrutura metálica foi deixada de lado, e ao lado dela, foi construída uma segunda ponte de concreto com sustentações de concreto e ferro. Essa segunda ponte foi construída (concluida)em 1970. Em 1988 foi construida pela Ecocil a terceira ponte, juntando com a segunda, formando uma ponte só, com 606 metros de extensão e quatro vias, mais uma via ferrea. A estrutura metálica foi comprada por uma empresa privada, porém, devido ao custo-benefício insatisfátório, algumas partes da estrutura metálica foram deixadas. Hoje, além da nova Ponte Newton Navarro, a estrutura metálica é um símbolo e cartão postal informal da Zona Norte. Entretanto, a estrutura de ferro continua abandonada e enferrujada. A própria ponte também se encontra na mesma situação.[2]

Notas

  1. Ponte de Igapó em referência ao bairro onde a ponte está localizada; é chamada também de Ponte Velha, em referência a ponte nova.)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma ponte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.