Rio Potenji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Potenji
Vista do pôr do sol no rio Potenji, com os manguezais da Zona Norte de Natal ao fundo.
Comprimento 176 km
Nascente Cerro Corá, no Rio Grande do Norte
Foz Natal, no Rio Grande do Norte
País(es)  Brasil

O rio Potenji (o termo "potengi" origina-se da língua tupi e significa "rio de camarão", através da junção dos termos potĩ ("camarão") e y ("água")[1]) é o principal curso de água do estado do Rio Grande do Norte, no Brasil. Seu estuário, que desemboca no litoral de Natal, logo foi descoberto pelos primeiros colonizadores portugueses, no século XVI, que o utilizaram para adentrar o território com suas embarcações. Denominaram-no "Rio Grande", por seu vasto leito e extensão, sendo a origem do nome da então Capitania do Rio Grande.[carece de fontes?]

Sua nascente está localizada no município de Cerro Corá, no interior do estado, viajando 176 quilômetros[2] até chegar a sua foz no município de Natal, onde desemboca no oceano Atlântico. Na capital do estado, marca a divisão entre a região norte e o restante da cidade, tendo seu acesso via Ponte de Igapó e mais recentemente pela imponente Ponte Newton Navarro.

Visando preservar o manguezal do rio, em 2006 foi criado o Parque Estadual dos Mangues, o qual nunca saiu do papel.

O pôr do sol do rio é uma atração turística. Passeios de barco e atrações musicais são oferecidos à beira do rio.[3]

Notas

  1. Barbosa, Pe. A. Lemos (1970). Pequeno vocabulário Português-Tupi. Rio de Janeiro: Livraria São José. pp. 23; 51. Consultado em 1 de janeiro de 2017 
  2. Moura, Wallace. «Poluição do rio Potengi, Natal-RN». www.gostodeler.com.br. Gosto de Ler. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  3. «Por do sol em Natal também é um espetáculo musical». in360. 10 de fevereiro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Rio Potenji