Região hidrográfica do Atlântico Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A região hidrográfica do Atlântico Sul é uma das doze regiões hidrográficas do território brasileiro.

A região hidrográfica do Atlântico Sul inicia-se próxima à divisa dos estados de São Paulo e do Paraná, estendendo-se até o Arroio Chuí, no Rio Grande do Sul. A área total da bacia leste é a regiao da bacia sul do oeste

região é de 185.856 km², abrangendo terras de 451 municípios, dos quais se destacam Paranaguá, Joinville, Florianópolis, Rio Grande, Caxias do Sul, Pelotas e a Região Metropolitana de Porto Alegre.

Na região hidrográfica Atlântico Sul é formada por um conjunto de bacias independentes, vertendo para o litoral, de diversas dimensões espaciais e predominam rios de pequeno porte que correm diretamente para o Oceano Atlântico. As principais exceções são os rios Itajaí e Capivari, em Santa Catarina, que apresentam maior volume de água. Na região do Rio Grande do Sul ocorrem rios de grande porte como o Taquari-Antas, Jacuí, Vacacaí e Camaquã, ligados aos sistemas lagunares da Lagoa Mirim e Lagoa dos Patos.

As principais bacias são: as que compõem o sistema Jacuí-Guaíba (tais como o Alto Jacuí, o Vacacaí, o Taquari-Antas, o Caí, o Sinos e o Gravataí) e a do Camaquã, desaguando na Laguna dos Patos; a do Piratini, desaguando no canal São Gonçalo que une as lagoas Mirim e dos Patos; a do rio Jaguarão, fronteiriço com o Uruguai, que desagua na lagoa Mirim; dos rios Itajaí-Açu, Tijucas, Cubatão e Itapocú, em território catarinense, desaguando diretamente no Oceano Atlântico.[1]

O principal bioma da região é a Mata Atlântica, muito desmatada pela ocupação humana. Também podem ser encontradas manchas de Mata de Araucária em áreas acima de 600m de altitude. Na costa litorânea, ocorrem manguezais e restingas.

Referências

  1. Ministério do Meio Ambiente. «Caderno da Região Hidrográfica Atlântico Sul». mma.gov.br. Consultado em 4 de maio de 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]