Ptilotrigona lurida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 

Como ler uma infocaixa de taxonomiaPtilotrigona lurida
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hymenoptera
Superfamília: Apoidea
Família: Apidae
Tribo: Meliponini
Género: Ptilotrigona
Espécie: P. lurida
Sinónimos

Ptilotrigona lurida (sinónimo: Trigona lurida Friese[1]), conhecido popularmente como a abelha-piranha, corta-cabelos,[2] aramá, aramã, borá-boi, borá-cavalo, borá e vorá, é uma abelha meliponídea agressiva com coloração que vai de preta a ferrugínea, e asas amarelas. Seu ninho é largo, algumas vezes comprido, construído nos ocos das árvores, com entrada feita de resina escura.[3] É comum na Amazônia. Possui um odor desagradável. Produz um mel ligeiramente azedo.[4]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Aramá" procede do tupi aramã. "Borá" e "vorá" procedem do tupi antigo mborá.[5]

Referências

  1. Ptilotrigona lurida (Smith, 1854) in Gargominy O (2021). TAXREF. Version 4.7. UMS PatriNat (OFB-CNRS-MNHN), Paris. https://doi.org/10.15468/vqueam
  2. COSTA, Luciano. Guia Fotográfico de Identificação de Abelhas Sem Ferrão para resgate em áreas de supressão florestal. Belém: Instituto Tecnológico Vale Desenvolvimento Sustentável, 2019. ISBN 978-85-94365-05-7
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 154.
  4. Michaelis. Disponível em http://michaelis.uol.com.br/busca?id=NEmD. Acesso em 1 de março de 2019.
  5. NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo. São Paulo. Global. 2013. p. 272.
Ícone de esboço Este artigo sobre abelhas, integrado ao Projeto Apiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.