Pururuca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Pururuca é um petisco da comida caipira dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná e consumido em outras regiões do Brasil.

O termo pururuca é de origem tupi e existe referência ao mesmo em O dialeto caipira, de Amadeu Amaral.

A palavra refere-se à pele de porco que é desidratada e preparada, disso resulta uma pele dura que é frita em óleo e consumida como petisco crocante.

O nome também é utilizado para descrever uma forma de preparo do porco assado, na qual a pele é conservada e depois é parcialmente frita com óleo quente despejado em cima.

Pururucador[editar | editar código-fonte]

Pururucador é um equipamento destinado à produção de pururuca. Consiste em um queimador infravermelho a gás que pode atingir temperaturas de até 800 °C. Foi inventado no ano de 2001 pelo médico mineiro Luiz Ney de Assis Fonseca.[1][2] Foi patenteado pelo seu inventor em 2006[3] e já vendeu mais de 1.000 unidades.[4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.