Python (2000)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Python
Python (PT)
Python: A Cobra Assassina (BR)
 Estados Unidos
2000 •  cor •  100 min 
Direção Richard Clabaugh
Produção Jeffery Beach
Ken Olandt
Phillip Roth
James Hollensteiner
Thomas J. Niedermeyer Jr.
Roteiro Daniel Knauf
Garrison Hershberger
Paul Bogh
Baseado em Personagens por Phillip J. Roth
Elenco Frayne Rosanoff
Robert Englund
Casper Van Dien
William Zabka
Dana Barron
Wil Wheaton
Sean Whalen
Jenny McCarthy
Gary Grubs
Gênero Suspense
Terror
Música Daniel J. Nielsen
Jogo de cena Teal Druda
Francie Hart
Michael Shelton
Cinematografia Patrick Rousseau
Edição Christian McIntire
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento 9 de agosto de 2000
Idioma inglês
Cronologia
Python 2
Página no IMDb (em inglês)

Python (br: Python: A Cobra Assassina; pt: Python) é um filme de 1995, do gênero terror, dirigido por Richard Clabaugh.

Em seu elenco, destaque para Robert Englund (conhecido por seu papel como Freddy Krueger na série de filmes A Hora do Pesadelo), William Zabka (Johnny, da trilogia Karatê Kid), Wil Wheaton, Casper Van Dien, Jenny McCarthy, Keith Coogan, Dana Barron (Audrey, de Férias Frustradas), David Bowe (Freaklândia - O Parque dos Horrores e Air America - Loucos Pelo Perigo) e Sean Whalen (Batman, o Retorno e O Pentelho).

História[editar | editar código-fonte]

Após um acidente com um avião militar, que cai próximo a uma pequena cidade norte-americana, uma cobra gigante começa a atacar a população. Os moradores da região lutam para descobrir uma forma de eliminar a ameaça e, para isso, pedem a ajuda de um cientista (Robert Englund) que tem informações sobre o animal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Reçepção[editar | editar código-fonte]

Python recebeu críticas mistas. Os críticos elogiaram o elenco, mas criticou os efeitos especiais e enredo. Outros achavam que era um filme de televisão acima da média, com bons efeitos especiais. No entanto, apesar da recepção inicial, é agora considerado como um clássico filme cult, e tem uma base de fãs dedicados. Muitas pessoas chamaram de um rip-off de Anaconda.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.