Reggatta de Blanc

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Reggatta de Blanc
Álbum de estúdio de The Police
Lançamento 5 de Outubro de 1979
Gravação Fevereiro - Agosto de 1979
Gênero(s)
Duração 41:52
Gravadora(s) A&M
Produção The Police, Nigel Gray
Cronologia de The Police
Outlandos d'Amour
(1978)
Zenyattà Mondatta
(1980)
Singles de Reggatta de Blanc
  1. "Message in a Bottle"
    Lançamento: Setembro de 1979
  2. "Walking on the Moon"
    Lançamento: Novembro de 1979 (som. EUA)
  3. "Bring On the Night"
    Lançamento: Dezembro de 1979
  4. "The Bed's Too Big Without You"
    Lançamento: Junho de 1980

Reggatta de Blanc é o segundo álbum de estúdio, lançado em 1979, da banda britânica The Police.

Nesse álbum fica mais evidente a influência do reggae jamaicano em fusão com o punk rock e a new wave, inclusive no próprio título. Reggatta de Blanc significa Reggae de branco.

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 3 de 5 estrelas. [1]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as músicas foram escritas por Sting (músico), exceto onde anotado.

N.º TítuloCompositor Duração
1. "Message In A Bottle"    4:51
2. "Reggatta De Blanc"  Stewart Copeland, Sting (músico), Andy Summers 3:06
3. "It's Alright For You"  Copeland/Sting 3:13
4. "Bring On The Night"    4:16
5. "Deathwish"  Sting, Copeland, Summers 4:13
6. "Walking on the Moon"    5:02
7. "On Any Other Day"  Copeland 2:57
8. "The Bed's Too Big Without You"    4:26
9. "Contact"  Copeland 2:38
10. "Does Everyone Stare"  Copeland 3:52
11. "No Time This Time"    3:17

Componentes[editar | editar código-fonte]

Sting (músico) - Baixo, vocais principais (todos com exceção de 2 e 7), backing vocals, tuba, sintetizador, arranjos.

Andy Summers - Guitarra, sintetizador (1, 6, 9), piano (10), arranjos.

Stewart Copeland - bateria, vocais de apoio, guitarra (3), vocais principais (7, 10), arranjos.

Referências