Renúncia (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Renúncia
Autor(es) Emmanuel
Idioma Português do Brasil
País Brasil
Assunto Romance passado no Século XVII
Editora Federação Espírita Brasileira (FEB)
Lançamento 1944
Páginas 535
ISBN 978-85-7328-363-1
Cronologia
Paulo e Estêvão
Ave, Cristo!

Renúncia é uma obra psicografada através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier,[1] ditada pelo espírito de Emmanuel. Sua primeira publicação foi no ano de 1944 pela Federação Espírita Brasileira.[2]

Renúncia forma com os livros: Há Dois Mil Anos, Cinquenta Anos Depois, Paulo e Estevão e Ave, Cristo! a série de Romances Históricos, de Emmanuel.[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Renúncia encontra-se num espaço histórico deslocado dos demais livros da série, mas retratando o período conturbado que envolveu a instalação do Santo Ofício, a reforma protestante, as perseguições, a Companhia de Jesus. Neste romance, Emmanuel descreve a existência de Alcíone, Espírito que passa por uma encarnação de renúncias e dedicação a todos que a cercam, demonstrando heroísmo e lealdade, na frívola Paris do reinado de Luís XIV. Apresenta o sacrifício de amor desse abnegado Espírito, que volta à luta terrestre para estar com aquele ser por quem havia intercedido no plano Espiritual, propondo-se ajudá-lo nas provas, expiações e reparações da nova existência na Terra. O grande amor do passado, os acertos e desacertos desse grupo que reencarna em conjunto para novas conquistas espirituais e a dedicação amorosa da doce Alcíone servem de moldura para o desenrolar ágil e envolvente dessa trama, marcada, também, por sentimentos violentos.

Alcíone, que na erraticidade habitava um planeta na órbita da estrela Sírius, seria a reencarnação de Célia, da história narrada no livro Cinquenta Anos Depois, e cuja lenda formada em torno de sua vida é registrada na história de Santa Marina[4][5].

Referências

  1. UOL.com.br (30 de junho de 2002). «Chico Xavier». Consultado em 27 de março de 2013. 
  2. Instituto André Luiz. «Biografia de Francisco Cândido Xavier». Consultado em 27 de março de 2013. 
  3. Luisa Brasil (19 de março de 2010). «Obra literária de Chico Xavier abrange diversos gêneros». Uai.com.br 
  4. Joviano, Wanda. Sementeira de Luz. [S.l.]: Vinha de Luz 
  5. Tavares, Flávio. Célia Lucius, Santa Marina. [S.l.]: Vinha de Luz 

Análises acadêmicas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.