Reprise

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Reprise é como é denominada, no Brasil, a reapresentação de programas de televisão e rádio. A transmissão de um conteúdo só pode ser caracterizada como reprise se dentro de uma mesma região, em ocasião anterior, o mesmo conteúdo tiver sido transmitido em caráter inédito.

Novelas[editar | editar código-fonte]

As reprises de maior destaque são as das telenovelas. A Rede Globo possui uma sessão dedicada a reprises de telenovelas de sucessos, o Vale a Pena Ver de Novo, no ar desde 5 de maio de 1980. O SBT mantém desde 2010 as novelas da tarde onde exibe novelas mexicanas inéditas e reprisa algumas novelas seja brasileira ou mexicana. Atualmente reprisa Pérola Negra às 15h30 e A Usurpadora às 17h30. A noite a emissora reprisa a telenovela infantil Carrossel. Antes disso a emissora de Sílvio Santos já reprisava novelas, tanto as suas próprias novelas, como as novelas mexicanas, geralmente à tarde, em alguns períodos de sua história. Maria do Bairro e A Usurpadora já foram reprisadas cinco vezes dentro da programação do SBT. Também a emissora chegou a reprisar novelas da extinta Rede Manchete, chegando a reprisar Xica da Silva, em 2005, às 21:30, Pantanal também da extinta Rede Manchete, reprisada entre 2008 e 2009, às 22:15 e Dona Beija, reprisada em 2009, às 23 horas. A Rede Record reprisa duas novelas atualmente no horário da tarde como Prova de Amor e Dona Xepa desde do final de julho de 2015. Ainda não se sabe se outras reprises virão pois a emissora raramente deu sequência a uma sessão de reprises devido a dificuldade com audiência de suas reprises. Anteriormente a emissora reprisou algumas de suas novelas. Entre 2005 e 2006, A Escrava Isaura era reapresentada por volta das 22 horas, ganhando uma nova reprise em 2007, às 14h. Já Essas Mulheres, Louca Paixão, Prova de Amor, Bicho do Mato e Caminhos do Coração tiveram reprises no horário da tarde, mas não obtiveram o sucesso esperado, sendo que a primeira chegou a sair do ar bruscamente. Em 2012, um grande sucesso da emissora voltou ao vídeo: Vidas Opostas, às 21 horas, mas não repetindo o sucesso de sua primeira exibição, foi editada e encurtada. A RedeTV! já representou a novela Betty, a Feia duas vezes. A Rede Vida possuia uma faixa de reprises que apresenta antigas produções da BAND, como Meu Pé de Laranja Lima. A Rede Família reprisa novelas da Rede Record.

Um canal pago específico em reprises da Rede Globo é o Canal Viva, que desde 2010 vem reprisando grandes sucessos da emissora carioca, como Vale Tudo, Por Amor, Quatro por Quatro, O Rei do Gado, Barriga de Aluguel, dentre outras.

Séries[editar | editar código-fonte]

A série mexicana "Chaves" é um dos conteúdos mais reprisados da Televisão Brasileira, no SBT.

Com formato diferente das telenovelas e possuindo diversos episódios, as séries, geralmente estrangeiras, sempre são reprisadas pelas emissoras, garantindo excelentes índices de audiência. No SBT, a série mexicana Chaves é a campeã, atravessando gerações e tendo seus episódios reprisados desde a década de 80. Outras como Chapolin, Eu, a Patroa e as Crianças, Um Maluco no Pedaço, As Visões da Raven, Arnold, dentre outras, também são presença garantida na programação da emissora, mesmo sem episódios inéditos. Na Rede Record, a série estadunidense Todo Mundo Odeia o Chris é reprisada com bons índices de audiência. Na Rede Bandeirantes e na RedeTV! já foram apresentadas reprises de séries como A Feiticeira, Jeannie é um Gênio, Drake e Josh, Kenan & Kel, dentre outras. Desenhos animados também são reapresentados diversas vezes nas emissoras.

Outras Atrações[editar | editar código-fonte]

Eventualmente, alguns programas são reprisados pouco tempo depois de serem exibidos, como forma de Horário Alternativo. Temos como exemplo o Mais Você e Vídeo Show, que após serem exibidos na Rede Globo, são reapresentados mais tarde no Canal Viva. A reprise como Horário Alternativo é muito comum em emissoras menores e nos canais da TV por Assinatura. Há alguns anos, era muito comum nas grandes redes que, no período de férias dos apresentadores, em geral no fim do ano, os melhores momentos e edições dos programas fossem reprisados nesse período.


Criticadas por muitos e apreciada por outros, as reprises sempre têm espaço na grade de programação das emissoras e audiência garantida.

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.